CINEMAsiatico.wordpress.com

O Autor

Intro
Visto que o número de visitas neste blog se revelou superior ás minhas expectativas, se calhar importa falar um bocadinho sobre mim, até porque é inevitável, colocar o habitual aviso de copyright relativo aos textos, não vá acontecer como já me aconteceu antes e alguém resolver apropriar-se novamente da autoria do meu trabalho.
Sendo assim, todos os textos neste site são © 2014Copyright “Cinema Ao Sol Nascente” – Luis F. Peres . Não que alguém se importe ou ligue, mas isto ajuda estar aqui, caso seja preciso reclamar os meus direitos.

Sobre
Sobre mim, chamo-me Luis, tenho 44 anos e sou ilustrador e desenhador gráfico há 21 anos, tendo estado ligado á criação do primeiro jogo para PC feito em Portugal entre 1993 e 95, chamado “Gambys” onde fui responsável pela criação do design, animações 3D Studio e animações 2D.  Felizmente o jogo teve muito boas reviews e pareceu agradar bastante ao público em geral o que para um projecto português já não foi nada mau. Infelizmente, uma má distribuição e muita politiquice á portuguesa impediram que novos projectos viessem a concretizar-se na altura em seguimento de Gambys.
Sendo assim, entre 95 e 2005 trabalhei para a companhia de software ebase, onde além do design dos sites criei todo o visual do software da empresa, por exemplo Restus 2000 – Touchscreen que ganhou um par de prémios Microsoft e certamente muitos de vocês já encontraram pela frente quando foram pagar a conta em restaurantes, fast-food e não só, entre muitos outros locais.
Posso dizer que o meu fascínio pelo oriente começou quando uma empresa chinesa há uns anos me roubou por completo não só o design como também os gráficos para usar no seu próprio touchscreen made in china muito semelhante ao nosso.
Outra coroa de glória foi no Telejornal ver o programa a ser gamado, durante uma reportagem de um assalto a uma pastelaria algures em Almada.
Isto é melhor que ter ganho o Oscar.

Design, ilustração e BD
Até há pouco tempo atrás, estava a desenhar postais ilustrados como freelancer para um par de companhias do género, além de ilustrações de Ficção-Centífica para fora de Portugal, trabalhando para um par de revistas do género, mas por agora tive de parar com essa actividade pois o dollar está tão baixo que nem compensa a aguarela que tenho de gastar e muito menos o tempo que demora a criar cada imagem.

Estou disponível para trabalhos Freelancer de Ilustração e/ou Design e portanto todos os potenciais clientes poderão como já disse espreitar o meu portfólio online com alguns exemplos do que produzi profissionalmente nos últimos 17 anos.

   

Acabei de produzir a minha saga marciana em banda desenhada, “As Aventuras do Principe Ziph” disponível para todos no meu site oficial e em Luis Peres.net .
O livro na sua edição hardcover está a venda na loja do editor Lulu.com mas poderão fazer o DOWNLOAD GRÁTIS de toda a história em vários PDFs para ver se gostam.

Participo desde há anos no forum DvdMania (Alquimista) e este blog nasceu da necessidade de ter um sitio pessoal onde pudesse de uma forma geral arrumar e recomendar alguns filmes orientais de que gosto imenso, pois ao longo dos anos recebi muitos pedidos de sugestões.
Este blog serve também para tentar explicar a muita gente que o cinema oriental não significa obrigatóriamente filmes do Bruce Lee e que há muito mais para descobrir na Ásia além de peliculas de Karaté e pontapés nas fuças.

Filmes orientais, porquê ?
O meu interesse por cinema oriental já conta com mais de dez anos.
Como grande parte dos Portugueses até então consumia apenas os filmes que chegavam a Portugal, o que significa que 99% dos filmes que via eram americanos pois até mesmo nos clubes de video nunca se encontrou muito mais do que o filme da moda ou o série-Z chunga de porrada.
Mas depois de tantos anos a ver sempre o mesmo blockbuster com os mesmos efeitos especiais, de tantos anos a ver sempre o mesmo policial em que matam o colega de alguém, de tantos anos a ver aquele filme em que o heroi passa o tempo todo a ser perseguido pelos viões em estilo road-movie para no final se confrontar com o gajo mau em sessão de pancadaria explosiva, atingi uma altura em que já estava a ficar um bocado farto.
Então quando os preços do aluguer de filmes começaram a aumentar nos clubes de video, deixei pura e simplesmente de tentar encontrar filmes novos e estive muitos meses practicamente sem ver grande coisa e o que via era sempre mais do mesmo.
Um dia, um amigo meu que trabalhava no clube de video aconselhou-me um filme chinês intitulado “Disponível para amar” e foi como se uma nova janela para o mundo se tivesse aberto.
Tentando encontrar mais coisas semelhantes fui aos poucos descobrindo que afinal no oriente se fazia muito mais do que filmes de autor ou cinema de porrada com karaté e a partir do momento em que arrisquei comprar “Il Mare“, “My Sassy Girl“, “Natural City“, “Tale of Two Sisters” e “The Classic“, vi que o meu futuro imediato seria gastar uma pipa de massa em cinema oriental.
O que até podia ser pior, pois felizmente também descobri que muitos filmes já na altura estavam a preços muito baratos e actualmente com a queda do dollar, existem titulos quase de borla.
Se alguma vez pensaram em descobrir o cinema do outro lado do mundo, agora é o momento meus amigos, pois até se encontram dvds em edições especiais á venda por menos de 4€ em lojas como a Play-Asia actualmente.

Info adicional
Além de cinema e ilustração, interesso-me bastante por espaços abertos e estou sempre em grandes caminhadas junto ao mar ou numa mountain-bike algures. Também costumo fotografar e pelo andar das coisas terei em breve que abrir novo blog só para meter a quantidade gigante de imagens que já tenho, fruto das caminhadas pois interesso-me muito por fotografar paisagens.
Musicalmente sou fã de Tom Waits e Jorge Palma mas oiço qualquer coisa que não seja pop Mtv.
Adoro stand-up comedy, daquele mesmo a sério americano e muito ácido, ao melhor estilo de George Carlin, Bill Hicks ou Doug Stanhope.
Adicionalmente interesso-me imenso por fisica-quântica, tento acompanhar o trabalho de autores como Michio Kaku ou Brian Greene por exemplo e adoro história alternativa ou qualquer coisa que não represente o status-quo.

————————————————–

Outros Blogs
Actualmente tenho já vários outros blogs na calha, além deste e do novo “Universos Esquecidos“, pois parece que esta coisa de escrever na net é mesmo viciante e divertida.
Quem gosta de arqueologia misteriosa e interessa-se por mistérios marcianos não perca “O Enigma de Marte” (que irei reabrir em breve) com muita coisa que certamente desconhecem sobre esta polémica a propósito da possibilidade de vida em Marte num passado remoto.
Se procuram mais sobre mim visitem o meu blog pessoal , onde encontrarão reviews de audiobooks ,mais cinema, livros, lições de desenho e muito mais que me apetecer lá ir colocando.

E pronto, não precisam saber muito mais sobre mim. Espero que gostem das sugestões e divirtam-se com os filmes.
Caso queiram contactar-me pessoalmente podem escrever para ziphcomics()gmail.com.

————————————————–

Legenda das classificações
Visto que falamos de Cinema Oriental, nada melhor do que um método de classificação usando noodles.

Segue então a respectiva, óbvia e tradicional, legenda:

Não se cansem, não vale o esforço. Um Hara-Kiri é mais divertido.

Interessante. Pode ser divertido mas poderia ser melhor.

Bom filme. Faz tudo bem mas não deslumbra.

Muito bom. Quase perfeito e uma boa compra.


Filme excelente. Poderá ser mesmo obrigatório se gostarem do género.

Adicionalmente se um filme de cinco noodles estiver acompanhado de um golden award como este, significa que na minha opinião estaremos na presença de um filme que rebenta a escala e portanto será o mais recomendado possível.
————————————————–

BANNER_ZIPH_CINEMASIATICO