5 Centimeters per second – (O Manga / Banda Desenhada – Romance / Livro original) – Versão integral – (Japão) – Makoto Shinkai / Yukiko Seike


[“5 Centimeters per second”] será não só o meu anime favorito de todos os tempos como principalmente uma das melhores histórias românticas que alguma vez encontrei no cinema oriental, senão talvez até a melhor, ou pelo menos a que me mais me marcou (a par com “Be with You”, “Il Mare” e mais umas quantas). É também considerado umas das histórias de amor orientais mais tristes de todos os tempos (no bom sentido) e quem gosta dele sabe bem porquê. Se não sabem basta irem ao Youtube espreitar as centenas de comentários de pessoas de todas as idades que se identificaram com esta pequena grande história.

Manga - Makoto Shinkai

Entrei muito tarde no cinema de animação de Makoto Shinkai. Há anos que ouvia falar maravilhas daquele jovem realizador que tinha revolucionado a forma de fazer animação por trabalhar essencialmente de forma caseira, inicialmente sózinho no seu quarto, depois sem estúdio, em apartamentos alugados com uma pequena equipa de amigos que se desfaz a seguir a cada filme e um sem número de particularidades que pela qualidade final de cada obra mal custa a crer que tenha sido produzida dessa maneira. Pela sua obra ser essencialmente marcada por produção “caseira”; desde o verdadeiramente amador “Voices of a distant star“, feito por Shinkai completamente sozinho durante meses a trabalhar no seu quarto, até ao mais recente “Garden of Words”, o facto dos seus filmes costumarem ter curta duração sempre me afastou da compra dos dvds durante muito tempo pois apesar das reviews excelentes, custava-me dar dinheiro por 45/50 minutos de filme em média e na altura raramente se conseguia arranjar cópias em condições na internet para espreitar primeiro. No entanto a partir do momento em que arrisquei a primeira compra e vi “Voices of a distant star” fiquei estupefacto com a qualidade do trabalho de Makoto Shinkai e nunca mais parei de seguir todo o seu trabalho subsequente, tal como “The Place Promised on Our Early Days”, “Journey to Agartha” e mais recentemente “Garden of Words” (com review para breve).

MANG3081 Inlay

De todo o trabalho de Makoto Shinkai aquele que mais me marcou foi sem sombra de dúvida [“5 Centimeters per second”]; 50 minutos de verdadeira poesia visual com uma história romântica que hoje em dia é das mais populares de sempre dentro do cinema oriental, principalmente pelo seu final devastador que se tornou comentado em todo o lado pelo murro no estômago que os segundos finais provocaram e ainda provoca nos espectadores. Principalmente pela sua simplicidade. Se procurarem nos foruns de discussão ainda hoje muita gente especula sobre o destino dos personagens, o que terá acontecido depois e tudo o mais que possam imaginar de interpretações pessoais para esta história que cada espectador vive à sua maneira.

5cm_per_second_09

Não que [“5 Centimeters per second”] seja propriamente uma história abstracta, mas na verdade o final teve tanto impacto na audiência, que muita gente parece ainda querer encontrar novas pistas para um desenlace final que todos gostaríamos de ver para aquela história de amor animada mas que se existisse hoje não estariamos aqui a falar dela. Ora acontece que curiosamente existem algumas pistas espalhadas visualmente ao longo do filme que não se notam a uma primeira visão (se nunca tiverem lido o Manga) e que podem realmente ser interpretadas de uma forma que eventualmente nem estará particularmente longe da verdade. Quero dizer com isto, que [“5 Centimeters per second”] tem realmente mais história para contar do que aquela que apareceu “filmada” em 50 minutos por Makoto Shinkai no filme original.

5cm_per_second_36

E tem história para contar não em filme, ou em qualquer extra do dvd, mas sim no argumento original que acabou sendo reduzido na versão de cinema mas que se transformou há pouco tempo numa banda desenhada Manga e num respeitável volume com mais de 500 páginas, tal como se fosse um comum romance de prosa. E é precisamente esse Manga que eu venho aqui agora recomendar.

5-centimeters-per-second-l0

O Manga, de [“5 Centimeters per second”] conta muito mais detalhes sobre a vida dos personagens e quem adorou o filme vai ficar fascinado com as histórias paralelas e com as motivações por detrás do que foi mostrado sobre cada história no filme original.

5-centimeters-per-second-2509879

O Manga é essencialmente o romance completo e percebe-se que muito provavelmente seria demasiado detalhado para funcionar como filme. Certamente se este argumento tivesse sido adaptado ao cinema de forma integral o impacto emocional do momento chave da história na versão animada, iria ficar um pouco diluído pois aqui na versão integral há tempo para se ficar a saber um pouco mais sobre os destinos dos personagens e até para introduzir personagens novos que acabam por justificar muito do que já se tinha visto no filme e que levou tanto fan a especular durante tanto tempo pela internet fora.

5-centimeters-per-second-2509921

O Manga é de compra e leitura obrigatória para toda a gente que adorou a versão de cinema já editada em dvd há alguns anos e à venda na amazon Uk. Tal como o filme “Be With You” ganha outra dimensão quando se lê o livro original (apenas) só depois de vermos o filme, também aqui em [“5 Centimeters per second”], a leitura do romance em forma de banda-desenhada dá uma nova perspectiva a toda aquela história que os fans bem conhecem. Não só reproduz todos os melhores momentos do filme, onde não falta um suspense gráfico que resulta plenamente até mesmo em Manga, como com mais de 500 páginas ainda tem tempo para desenvolver e responder a muitas das interrogações e especulações dos fans.

5-centimeters-per-second-2199745

Conta obviamente com o mesmo final demolidor do filme, mas aqui em Manga acaba por não ter tanto impacto por um simples motivo. O livro não termina nesse momento ao contrário do filme e mesmo subjectivamente dá-nos um segundo final para especular quando de repente inesperadamente se conclui a parte central da história… ou talvez não.

5-centimeters-per-second-2509919

Como todos os fans do filme original sabem, [“5 Centimeters per second”] tem 3 partes e essencialmente duas histórias de amor; sendo a segunda aquela que é considerada por muita gente a parte vazia da história. Ora bem, no Manga essa parte já tem uma razão de existir e esse segundo segmento de repente parece fazer outro sentido. Por outro lado, percebe-se perfeitamente que o segundo segmento no filme nunca poderia ser “concluído” pois esse epílogo iria retirar todo o fabuloso impacto emocional que encontramos na versão para cinema.

5-centimeters-per-second-2464851

Sendo assim, o que mais dizer. Se gostam do filme [“5 Centimeters per second”] este Manga é de compra totalmente obrigatória. É no entanto um livro para adultos. Não no sentido erótico, mas no sentido emocional. Este Manga não é a típica história de aventura para adolescentes mas sim um romance sólido e adulto bem pensado enquanto história de amor para um publico mais crescido e que não fica nada a perder em relação a muitos conceituados livros em prosa.

5-centimeters-per-second-2487015

O Manga é escrito por Makoto Shinkai mas não é desenhado por ele. Isto talvez porque o próprio realizador já disse que não gosta nada de desenhar bonecos e o que lhe move artisticamente é desenhar paisagens e ambientes (o que se nota perfeitamente no seu cinema) por isso deixa a bonecada humana para um dos seus colaboradores. Ao contrário do filme este Manga depende totalmente dos personagens e não dos ambientes e portanto é perfeitamente natural que a história tenha sido apenas escrita por Shinkai e não desenhada por ele na sua versão em banda desenhada. O livro é desenhado por Yukiko Seike mas todo o espírito de Makoto Shinkai está perfeitamente retratado principalmente pela poesia da própria escrita do autor.

5-centimeters-per-second-2486951

A diferença entre o livro e o filme está nos pormenores extra sobre cada história de amor, no final adicional e no facto do filme falar sobre emoções através dos ambientes visuais magistralmente desenhados e pintados por Makoto Shinkai enquanto o livro vai buscar a sua força á expressividade dos personagens.

—————————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO Se gostam de [“5 Centimeters per second”] vocês sabem que têm mesmo que comprar este Manga. Não vale a pena resistirem porque vão adorar.

5-centimeters-per-second-2187365

Cinco tigelas de noodles e um Golden Award porque esta é daquelas histórias que rebenta qualquer escala seja de que forma for apresentada.

noodle2.jpg noodle2.jpg noodle2.jpg noodle2.jpg noodle2.jpg gold-award.jpg

a favor: tem a resposta para quase tudo o que sempre quiseram saber sobre o que ficou por dizer no filme original, graficamente tem uma estrutura fantástica e consegue surpreendentemente manter suspense romântico até mesmo para quem já conhece o filme de trás para a frente, a humanização dos personagens mais uma vez é do melhor como em todos os trabalhos de Makoto Shinkai e toda a escrita é verdadeiramente poética. Tem mais de 500 páginas excelentemente ilustradas e com uma narrativa visual brilhante na forma como consegue retratar emoções.

contra: o impacto emocional do final cinematográfico é diluído por ainda existir um novo final a seguir a esse, o novo final também poderá ser demasiado subjectivo para muita gente, (inclusivamente já gerou muita discussão sobre o que significa na internet). O impacto visual é menor em relação ao filme, pois o Manga é a preto e branco e a história não assenta emocionalmente nos ambientes ao contrário do que acontece no filme. Não que seja algo verdadeiramente mau, pelo contrário, mas Manga e filme são realmente dois produtos diferentes.

—————————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS

COMPREM-NA AQUI EM ESPANHOL
https://www.amazon.es/Cm-Por-Segundo-Makoto-Shinkai/dp/8416476454/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1479487364&sr=8-1&keywords=5cm+por+segundo

COMPREM-NA AQUI EM INGLÉS
https://www.amazon.co.uk/gp/product/1932234969/ref=as_li_tl?ie=UTF8&camp=1634&creative=6738&creativeASIN=1932234969&linkCode=as2&tag=cinaosolnas00-21

A minha review do filme original
https://cinemasiatico.wordpress.com/2014/05/11/5-centimeters-per-second-byosoku-5-senchimetoru-makoto-shinkai-2007-japao/

A minha review alternativa no meu blog sobre Cinema de Culto
https://universosesquecidos.wordpress.com/2016/11/18/5-centimeters-per-second-byosoku-5-senchimetoru-makoto-shinkai-2007-japao/

5-centimeters-per-second-2199747

Trailer https://www.youtube.com/watch?v=wdM7athAem0

Clip Contém *Spoilers* Por outro lado, se não viram o filme, também não irão notar. E mesmo que notem, eu até lhes podia contar o final em detalhe que não lhes estragaria a beleza do filme. Estão por vossa conta. 😉

https://www.youtube.com/watch?v=FJmvvZk4C1A
com legendas
https://www.youtube.com/watch?v=egCHrY_gHGg

81F+hDip9RL._SL1500_

Comprar dvd na amazon UK
https://www.amazon.co.uk/gp/product/B0037B2WP0/ref=as_li_tl?ie=UTF8&camp=1634&creative=6738&creativeASIN=B0037B2WP0&linkCode=as2&tag=cinaosolnas00-21

O filme também está disponível numa copia legendada no youtube, mas não recomendo que o vejam assim. Este filme pede mesmo um bom ecran e principalmente um bom sistema de som pois muita da sua emoção vem da forma como usa a música. Não vejam o filme num simples ecran de computador.

——————————————————————————————————————

Se gostar deste vai gostar certamente de:

capinha_voices-of-a-distant-star capinha-the_place_prmised_in_early days capinha_agartha ——————————————————————————————————————

FB

Sondagem – Quantos filmes deste blog já viram ?


A título de curiosidade, a partir de agora esta sondagem estará presente no fundo da página com a lista de filmes mas de qualquer forma agradecia que participassem para eu ter uma ideia do quanto vocês começaram a explorar o cinema que recomendo.

O meu Top de Cinema Romântico Oriental.


Como practicamente, pelo menos 80% das visitas que chegam a este blog, chegam até cá procurando por cinema romântico oriental, achei que seria uma boa ideia colocar por uma ordem de gosto pessoal aqueles filmes que considero absolutamente obrigatórios, especialmente para quem chega agora ao género e não sabe por onde começar.
Isto porque muita gente que descobre agora as histórias de amor orientais acaba sempre por me perguntar afinal qual é para mim o melhor filme do género.
Portanto, aqui fica o meu TOP de filmes favoritos dentro do género.
A ordem é um bocado aleatória, embora 0s primeiros doze filmes que aqui apresento sejam para mim do melhor que poderão ver se quiserem começar por algum lado.

01º Be With YouClique aqui para ler a minha Review do filme e aqui para conhecerem a review do livro que não podem deixar de ler depois de verem o filme, vão por mim. 😉

bewithyou17

De todas as histórias de amor orientais que me passaram pela frente, esta será eventualmente a minha favorita por ser uma grande história de amor na sua simplicidade, com contornos de String Theory á mistura, montes de originalidade e um final fantástico cheio de imagens que nos ficam na memória.
Podem ir buscar o filme aqui, mas recomendo vivamente a compra do dvd se gostarem tanto quanto eu pois o DTS é excelente e este filme tem uma banda sonora impecável que merece ser ouvida com a melhor qualidade de som possível pois é parte integrante da força deste filme.
Podem encontrar a banda sonora aqui.

—————————————————————

02º Il MareClique aqui para ler a minha Review.

Um dos primeiros filmes que me fizeram ficar viciado em cinema romântico oriental pela sua atmosfera e originalidade.
É também outra daquelas histórias que irá agradar a quem gosta também de histórias sobre viagens no tempo, embora não seja propriamente um titulo de ficção-científica.
É mais um daqueles filmes que se recomenda vivamente que seja visto com excelentes condições sonoras pois a música é quase a terceira personagem do filme e este perde muito se o ouvirem em condições foleiras.
Ignorem o trailer oficial pois é absolutamente estúpido e vejam antes o videoclip para terem uma ideia do verdadeiro ambiente do filme (e embora esta música seja essencialmente pop, a banda sonora é quase toda de jazz).
Podem ir buscar o filme aqui mas se conseguirem encontrar esta edição ainda á venda recomendo a compra imediata, até porque vem com um CD extra com a mágnifica banda sonora do filme (que podem entretanto ir buscar aqui também).

—————————————————————

03º My Sassy GirlClique aqui para ler a minha Review.

O filme que inventou um estilo próprio dentro do cinema oriental e cujo o sucesso gerou cópias sem conta e nenhuma com a mesma magia do original. Outra grande história de amor que consegue misturar o drama com a comédia mais alucinada e nunca perde o equílibrio entre os dois géneros. A edição -directors cut- é capaz de ter minutos a mais pois perde o ritmo em alguns momentos, mas seja em que versão for este é outro daqueles filmes a não perderem se quiserem explorar o melhor do cinema romântico oriental. Videoclip aqui.
Podem ir buscá-lo aqui também com legendas PT/Br e façam o que fizerem, não vejam o remake americano antes de verem este original !
Para comprar o dvd, podem faze-lo aqui.

—————————————————————

04º The ClassicClique aqui para ler a minha Review.

Outro filme do mesmo realizador de My Sassy Girl, desta vez dentro do puro drama. Uma das melhores histórias de amor que poderão encontrar e que faz o milagre de transformar uma história adolescente aparentemente telenovelística sem interesse nenhum, num filme cheio de momentos inesquéciveis, com um twist genial e uma atmosfera visual poética que culmina num final perfeito que não irão esquecer.
Espreitem o trailer aqui. Quem vê isto nem imagina as reviravoltas que esta história vai ter pois ao contrário do que é habitual nos trailers de filmes americanos, aqui não dão sequer uma pista sobre o tipo de história que iremos encontrar.
Quem quiser a excelente Banda Sonora pode ir buscá-la aqui e o filminho aqui.

—————————————————————

05º Cyborg SheClique aqui para ler a minha Review.

cyborg_she13

Este tornou-se definitivamente num dos meus filmes de ficção-científica favoritos (e não estava nada á espera disto). Usa todos os lugares comuns sobre histórias de viagens no tempo e consegue criar uma da melhores histórias de amor que vi nos últimos anos com recurso a um sem número de reviravoltas que resultam num filme único dentro do género. Mesmo quem não gosta de ficção-científica, se procura uma história de amor original e cheia de atmosfera e reviravoltas quanto baste não procure mais e veja Cyborg She. Mais uma vez o realizador de My Sassy Girl e The Classic, pega num género, introduz uma história de amor e tudo resulta em algo que não se consegue classificar mas que não deixa de ser fantástico.
NOTA: Não recomendo de todo que vejam o trailer antes de verem o filme !
Partam para isto totalmente ás escuras. 😉
Podem ir buscar o filme aqui com legendas em PT/Br ou comprar o dvd aqui.

—————————————————————

06º In the Mood for LoveClique aqui para ler a minha Review.

Este meu top, na verdade está truncado á partida pois na minha opinião qualquer um destes primeiros seis filmes que aqui lhes apresento para mim estará sempre no primeiro lugar de qualquer top, pois essencialmente apetece-me sempre reve-los e no caso deste In the Mood for Love isto também se aplica, pois este é outro daqueles filmes românticos absolutamente notáveis e de visão obrigatória que merece estar em primeiro lugar de qualquer lista.
No entanto, tenham em atenção pois por se incluir mais dentro do chamado cinema de autor poderá ser algo que afasta muito do publico que procura histórias “mais comerciais”, embora isto tenha muito que se lhe diga e por isso é melhor lerem a minha review sem falta para mais detalhes.
Podem espreitar aqui o trailer de In the Mood for Love, comprar o excelente dvd uk aqui ou então ir buscar o filminho aqui. E já agora também a banda sonora que é absolutamente hipnótica.
De qualquer forma este também leva a mais alta recomendação e já agora incluo logo aqui a sua “sequela” 2046 pois é outro absolutamente fantástico (trailer de 2046) e que não podem perder se gostarem de In the Mood for Love.

—————————————————————

07º Fly me to PolarisClique aqui para ler a minha Review.

Saindo do cinema de autor acima, seguimos para o seu mais extremo oposto e para Fly me to Polaris, possivelmente a história de amor mais ultra comercial de sempre pelo seu estilo absolutamente ultra-piroso e telenovelístico do piorio mas onde tudo resulta de forma fantástica e onde apanhamos com outra história que resulta a 100% cheia de magia e atmosfera especialmente na sua parte final que é de visão obrigatória para toda a gente que procura conhecer cinema romântico oriental.
Na falta de trailer fica aqui um videoclip.
Este é um dos filmes mais dificeis de se encontrar na net, seja á venda, seja para download, mas por agora penso que o encontrarão aqui, mas se calhar é melhor não demorarem muito tempo a ir buscá-lo.

—————————————————————

08º 5Centimeters per secondClique aqui para ler a minha Review

5cm_per_second_09

Surpreendentemente este é um Anime e a prova definitiva de que o cinema de animação não tem que ser necessáriamente para crianças ou adolescentes apenas. 5 Centimeters per second, para mim é uma das melhores histórias de amor de sempre com uns primeiros 25 minutos inesquecíveis que vocês não podem deixar mesmo de ver se chegaram a este blog à procura de cinema romântico. Não se irão arrepender de todo com este pequeno filme de apenas 57 minutos mas que limpa o chão com muita longa metragem pseudo-romântica. Preparem os lenços.

—————————————————————

09º Midnight SunClique aqui para ler a minha Review.

MSun07

Este foi um dos filmes mais simpáticos que me apareceram pela frente no ano passado dentro do género romântico oriental e tornou-se definitivamente um dos meus favoritos.
Na verdade não parece ter nada de extraordinário á partida mas é uma daquelas histórias que nos agarra pela simplicidade e atmosfera total. Nem o final absolutamente previsível dentro do habitual estilo dramático oriental estraga a história. Aliás ainda a reforça e torna este filme num excelente pequeno produto comercial totalmente recomendável a quem procura histórias de amor e além disso é um excelente filme sobre adolescentes que não irá aborrecer nenhum adulto. Bem pelo contrário. Totalmente recomendado e um filme bonito na sua simplicidade com uma banda sonora impecável, especialmente se gostarem de baladas com guitarra acústica. Espreitem o trailer.
Podem ir buscá-lo aqui, (embora a cópia seja muito mázinha), por isso se gostarem, recomendo totalmente a compra do dvd pois por pouco mais de 5 euros ficam com o filme com uma qualidade técnica excelente e um som em DTS totalmente fantástico.

—————————————————————

10º Love in SpaceClique aqui para ler a minha Review

love in space 01

Uma das mais simpáticas histórias de amor que encontrei até hoje no cinema oriental. Não tem nada de extraordinário mas tem uma onda tão positiva que se torna no antídoto perfeito para aqueles dias mais sombrios. Está muito bem filmado, os personagens são totalmente cativantes e o design é fabuloso. Para quem quiser um filme romântico que desta vez não tem absolutamente nada de tristeza pelo meio, este é o melhor título que poderão encontrar por aí. Curiosamente é uma produção chinesa embora eu tenha andado anos a pensar que isto era Sul Coreano. Recomendo vivamente.

—————————————————————

11º Sky of LoveClique aqui para ler a minha review

Já viram isto mil vezes, o ambiente é fofinho de meter vómito e tudo o que vocês imaginam que acontece, acontece mesmo.
No entanto, tem momentos fantásticos e muito crus que não são habituais neste tipo de histórias de amor com adolescentes e onde violação, bullying e aborto estão entre os temas desta história que os irá agarrar até ao segundo final pois é bem melhor do  que parece á primeira vista.
Podem ver o trailer aqui, ou ir buscar logo o filme aqui.
Não conseguem comprá-lo pois nesta altura está esgotado em todo o lado.

—————————————————————

12º A Time to LoveClique aqui para ler a minha review

Curiosamente um filme de que comecei por nem gostar particularmente dele quando o vi anos atrás pela primeira vez, mas que agora ao revê-lo me fascinou por completo.
Pode ser a milésima adaptação de Romeu & Julieta, desta vez em estilo oriental, mas não se deixem desmoralizar por isso pois esta versão mesmo assim, além de ter pilhas de atmosfera e imagens incríveis, ainda consegue ter suspanse romântico que os colocará em suspanse sobre o destino dos protagonistas até ao final.
Recomendo vivamente a quem não se importa com obras de ritmo lento e hipnótico, pois este também vale mesmo a pena.
Espreitem um trailer aqui. Podem comprá-lo aqui ou ir buscá-lo aqui.

—————————————————————

13º WindstruckClique aqui para ler a minha Review

Mais uma vez o realizador de The Classic, My Sassy Girl e Cyborg She, volta a recriar a magia e estamos na presença de outro titulo romântico oriental completamente inclassificável. O realizador mais uma vez,  alterna, a comédia, o drama, a acção e a típica história de amor como ninguém e há tanto para dizer sobre este titulo que o melhor é lerem a minha review detalhada, antes de verem o trailer ou irem buscar o filme aqui legendado em PT/Br.
Quem quiser comprar o dvd vai ter dificuldade em encontrá-lo pois este é outro daqueles filmes que parecem desaparecer a todo o instante.

—————————————————————

14º My Girl & IClique aqui para ler a minha Review.

my_girl_and_i_17

Este é um filme curioso dentro da minha lista, pois a primeira vez que o vi nem lhe achei particular piada.
Talvez porque a cena chave desta história não teve o impacto emocional presente na  primeira versão cinematográfica (o filme “Crying out love in the center of the world” produzido no japão alguns anos antes) e por isso fiquei com a impressão que esta versão não seria nada de especial.
No entanto por qualquer motivo as imagens deste filme não me saiam da cabeça e quando o revi já com outro olhar, a sua simplicidade cativou-me e hoje é um daqueles pequenos filmes que me apetece sempre rever e não tenho uma razão exacta para isso, (…leiam a minha review para mais detalhes).
My Girl & I essencialmente é mais um daqueles filmes simpáticos e este ganha imenso também pela atmosfera visual cheia de paisagens deslumbrantes e imagens que ficam na memória e por isso recomendo vivamente embora não tenha um pingo de originalidade.
Espreitem o trailer (com musica estúpida) e encontram o filme aqui.

—————————————————————

15º An Empress and the WarriorsClique aqui para ler a minha Review.

Embora á partida este filme pareça ter mais a ver com aqueles épicos de guerra medievais chineses a verdade é que se trata essencialmente de uma história de fantasia romântica que irá agradar certamente a quem procura uma boa variação dentro das histórias de amor orientais.
Espectaculares cenas de acção e um drama romântico ao melhor estilo oriental fazem deste filme uma excelente opção para quem quer ver algo diferente e procura uma história de amor cheia de atmosfera e que equilibra muito bem as cenas de acção com a parte dramática.
Espreitem o trailer aqui, podem ir buscar o filme aqui ou então comprar o excelente dvd (ou BluRay).

—————————————————————

16º Natural City
Clique aqui para ler a minha Review.

Apesar da classificação relativamente modesta que lhe atribuo na minha review, Natural City é um dos meus filmes favoritos por muitos motivos que poderão perceber quando lerem o meu texto.
É não só um excelente filme de ficção-científica, como ainda conta uma boa história de amor que contribui imenso para o poético final deste titulo que tem tudo para ser considerado uma espécie de BLADE RUNNER 2 apesar de uma ou duas coisas menos boas que o impedem de  ser uma obra prima dentro do género oriental como merecia.
Espreitem o trailer original aqui para poderem ter a verdadeira ideia da atmosfera do filme, antes que vejam o trailer “americano” onde se dá a ideia que isto é um filme de porrada estilo Matrix e onde se conta o filme todo como é costume.
Podem ir buscar o filme aqui, mas mais uma vez aviso, não vejam o trailer “americano” que está nessa página de download antes de verem Natural City. 😉
Está á venda na Amazon Uk também.

—————————————————————

17º FailanClique aqui para ler a minha review

Possivelmente o melhor drama produzido até hoje na Coreia do Sul e uma das histórias de amor com a estrutura mais original que surgiu nos últimos anos dentro do cinema oriental.
Um elenco fantástico, um filme triste mas com muita alma com um final devastador que os deixará em silêncio até ao fim dos créditos.
Totalmente obrigatório, mas pode não agradar a quem procura apenas um produto comercial nos moldes habituais pois esta não deixa de ser uma história de amor algo intimista.
De qualquer maneira é um filme fabuloso com duas interpretações memoráveis dos dois protagonistas que não devem perder se procuram cinema romântico original.
Podem ver o trailer (bem banal) aqui ou ir buscá-lo aqui, pois terão muita dificuldade em encontrá-lo em dvd actualmente numa boa edição.

—————————————————————

18º I won´t LoveCurta metragem/Videoclip

i_wont_love

Apesar disto não ser na verdade um filme mas sim um videoclip criado especificamente para esta música, muita gente ainda pensa que se trata da banda sonora de uma longa metragem devido a ser uma história de amor tão cinemática. Incluo-a aqui porque para mim é das melhores curtas metragens que vi dentro do cinema oriental. Adoro a história, os enquadramentos, a forma como a música está montada e o carísma das personagens. Em cinco minutos consegue ser muito mais poético e emocional do que muito filme de duas horas. E contém pequenas sequências de animação muito atmosféricas também. Uma das melhores histórias de amor orientais que poderão encontrar por aí. Com um final real triste. Uma da protagonistas suícidou-se um par de meses depois deste trabalho ter sido completado.
Vale a pena verem, quanto mais não sejam porque é um daqueles videoclips que está sempre a ser retirado do Youtube por queixas de muitos utilizadores americanos que afirmam que o video promove a indecência, a pedófilia e a homossexualidade. Aleluia irmãos !

—————————————————————

Concluindo.
Essencialmente estes são aqueles primeiros filmes que costumo recomendar a quem chega agora á procura de cinema romântico oriental e nunca viu nenhum titulo.
Posso apostar que se gostarem de pelo menos dois ou trés titulos desta lista, vão ficar com vontade de querer descobrir mais e por isso se vocês encontrarem algum filme do género que também recomendem, façam-me o favor de o indicar aqui no blog pois eu continuo sempre á procura de mais bons exemplos dentro deste cinema romântico do outro lado do mundo.

Mas há mais !
Fora estes que recomendo agora, as pessoas que visitam este blog sabem que existem muitos mais títulos que valem a pena serem vistos. Embora eu não os coloque no meu Top 10 de essenciais, todos esses filmes adicionais são excelentes opções para continuarem a descobrir o cinema romântico oriental e portanto, se chegam agora a isto e já viram o que acima recomendo, não deixem também de ver:
The Promise (TrailerDownload) # Madeleine – (TrailerDownload# Heaven´s Bookstore (TrailerDownload) # Lover´s Concerto (TrailerDownload) # Bungee Jumping of their Own (TrailerDownload) # Love Phobia (TrailerDownload) # Turn Left Turn Right (TrailerDownload) # The Floating Landscape (TrailerDownload) # 10 Promises to my Dog (TrailerDownload) # Rainbow Song (TrailerDownload) # Heavenly Forest (TrailerDownload) # Ashes of Time (TrailerDownload)

Estes são apenas um exemplo daquilo que eu considero o melhor que já recomendei no meu blog dentro do cinema romântico oriental. Não coloquei tudo aqui, apenas os titulos de que gostei mesmo muito, por isso podem continuar a explorar o blog pois ainda tenho mais uns quantos dramas românticos de que provavelmente irão gostar mais do que eu gostei e em breve colocarei aqui novas críticas dentro deste género tão popular entre tanta gente que visita este blog á procura de mais sugestões.
Obrigado a todos pelo apoio e espero que continuem a gostar do que também vou descobrindo.
E se encontrarem um filme romântico oriental que tenham achado fantástico, não se esqueçam de me dizer qualquer coisa. 😉

A Sul da Fronteira, a Oeste do Sol – Haruki Murakami (Livro)


Vamos fazer um pequeno intervalo nos filmes por agora pois tenho uma excelente alternativa para recomendar.
A minha mulher sabendo do meu interesse por estas coisas orientais ofereceu-me pelo Natal um par de livros do escritor Japonês, Haruki Murakami nos quais eu já andava de olho há algum tempo.

Sempre tive a sensação de que os livros deste autor teriam qualquer coisa de especial mas nunca pensei que viesse logo a gostar tanto precisamente do primeiro livro que li dele. Vou agora passar ao segundo titulo mas se o resto da obra tiver mais ou menos as mesmas características que este [“A Sul da Fronteira, a Oeste do Sol“], então definitivamente Murakami irá tornar-se no meu escritor favorito.
Li o livro de um fôlego e foi um daqueles que nem me apetecia parar de ler, pois há muito que não encontrava uma história tão cativante, apesar de aparentemente simples e estar narrada de uma forma aparentemente ainda mais simples mas que sabe claramente como nos manipular emocionalmente sem entrar em grandes dissertações.

Ainda gosto menos de referir o conteúdo de um livro do que gosto de contar uma história de um filme a quem nunca o viu, por isso não irei contar nada sobre , mas não posso deixar de recomendar este título a toda a gente que costuma gostar do cinema romântico que tenho aqui recomendado no blog.
A capa do livro faz referência ao “Casablanca” e tenho que concordar que está bem feita, pois na verdade até o ritmo de alguns diálogos me lembraram as minhas cenas favoritas com o Boggart nesse filme, no entanto achei-o bastante mais próximo de “In the Mood For Love” pela forma nostálgica como percorre as emoções dos personagens e conta uma história baseada na saudade e no desencontro.

Recomendo vivamente este livro a toda a gente que costuma vir a este blog á procura de recomendações sobre filmes românticos orientais pois vão encontrar aqui tudo aquilo de que certamente mais gostam neste estilo de histórias.
É um livro fantástico na sua aparente simplicidade mas que aposto irão colocar num lugar especial na vossa estante.
Se quiserem saber mais sobre ele sugiro que sigam para este blog que eu também já adicionei aos meus favoritos e onde poderão encontrar uma análise mais profunda do titulo e que no fundo diz mesmo tudo aquilo que eu gostaria de poder dizer mas cujo as palavras agora me escapam pois ainda estou a pensar no livro desde que o acabei de ler há umas horas.

Um Grito de Amor desde o Centro do Mundo (Crying Out Love in the Center of the World / Socrates in Love – “My Girl and I”) – O Livro


Antes de mais bom Natal para todos, Ho, Ho, Ho e tudo o mais. 🙂

Caso tenham visto e gostado muito do filme “My Girl & I” que recomendei alguns meses atrás, se calhar também vão gostar de saber que o livro que originou o filme,”Um Grito de Amor desde o Centro do Mundo”  acabou de ser editado em lingua portuguesa precisamente em Portugal.
Na verdade “Um Grito de Amor desde o Centro do Mundo” é o romance original que depois foi adaptado ao cinema no Japão com o titulo inglés  “Crying Out Love in the Center of the World” e não a história original de “My Girl & I” embora sejam idênticas em muitas coisas pois a adaptação Sul Coreana manteve muita coisa do filme japonês.
Acontece que eu ainda não falei aqui da adaptação original porque por acaso gostei mais do remake Sul Coreano, mas agora que o livro saiu em Português vou aproveitar a onda e por isso podem contar com uma análise desse filme para breve aqui também pois já o comprei há anos e tenho adiado falar dele até agora  não sei bem porquê.

E claro que  irei colocar aqui uma review deste romance original pois estou bem curioso, visto que o livro foi a história de amor mais vendida de todos os tempos no japão e daí a popularidade do filme por aquelas bandas também, a tal ponto que os próprios Sul Coreanos fizeram “My Girl & I” com base no mesmo trabalho literário.
O facto do livro ser um daqueles muito dificeis de encontrar até agora ainda aguça mais a minha curiosidade, pois até há bem pouco tempo só se econtrava editado em Japonês nem sequer havendo uma versão inglesa, (que julgo ainda nem há). Penso que no ocidente ainda só existe neste momento a tradução espanhola e a portuguesa se não me engano.
Sendo assim, não queria deixar de divulgar isto por aqui.
Mais novidades sobre o assunto  para breve.

—//—

UPDATE (28-12-2009):
Há coincidências mesmo curiosas.
Andava há anos atrás deste livro, há seculos para colocar aqui a review da adaptação cinematográfica japonesa e agora parece que estou a ser perseguido pela obra em todo o lado.
Este Natal recebi um outro romance japonês comprado na amazon.co.uk chamado “Socrates in Love“. Comprei-o porque depois de ter lido o fabuloso pequeno romance “Be With You” estava intrigado sobre as histórias românticas made-in-japan e quando vi este “Socrates in Love” editado em Inglés mandei vir o livro sem sequer tentar saber muito mais sobre ele além de ter notado que tinha uma excelente review.
Ontem, ao procurar mais críticas sobre o mesmo, notei que o livro também já estava adaptado ao cinema e comecei logo a tentar encontrar o filme na net. Sem qualquer resultado, apesar de muita gente garantir ser uma história bem popular.
Ao procurar pelo trailer de “Socrates in Love” no YouTube, invariávelmente ia ter a resultados que mostravam imagens de “My Girl & I” e já estava a dar em maluco pois parecia que alguém se tinha enganado na associação, até porque no Tube também aparecem imagens da série televisiva igualmente adaptada do livro. E para mais ainda existe um Manga baseada no mesmo romance !!
Qual não é o meu espanto, quando descubro que “Socrates in Love” é o titulo inglés do romance original japonês que deu origem ao filme “Crying Out Love in the Center of  the World” ! O mesmo romance que agora foi editado em Portugal com precisamente o titulo de  “Um Grito de Amor desde o Centro do Mundo” !
Resumindo, por um pouco ia comprando a edição Portuguesa na mesma semana em que recebi ao romance em inglés. Isto porque o titulo da edição Lusa vai precisamente buscar a associação ao nome do filme que originalmente adaptou “Socrates in Love” e não usou uma tradução directa do titulo original japonês ou da sua versão em inglés.
Confusos ?!…Eu estava.

Sendo assim, quem quiser agora espreitar o romance que deu origem ao filme “My Girl & I” e a ” Crying Out Love in the Center of the World” (de que falarei aqui em breve), tem duas boas opções. Pode adquirir a versão Portuguesa aqui, ou então optar pela edição Inglesa comprando-a na amazon.co.uk .
Ou então compram o Manga em inglés também na Amazon (penso eu que isto seja o Manga)…

Espero que já não estejam confusos. 😉