The Silenced (Gyeongseonghakyoo: Sarajin Sonyeodeul) Hae-young Lee (2015) Coreia do Sul


Este é um daqueles filmes de que me apetecia ter gostado mesmo muito.
À partida [“The Silenced”] teria tudo o que me agrada no cinema sobrenatural oriental saído da Coreia do Sul; na minha opinião, mais elaborado que o cinema japonês.

the-silenced01

Enquanto normalmente as histórias de fantasmas ou de terror que costumam sair do Japão baseiam-se bastante na fórmula do Ring/Ju-On; (miudas creepy de cabelos compridos pela face e sustos gélidos), o cinema de contornos sobrenaturais Sul Coreanos costuma contar com boas histórias, mistérios elaborados por resolver e personagens com que nos importamos mesmo; não tendo necessáriamente que recorrer sempre à formula mais simplificada para meter medo. Um bom exemplo é o fascinante “A Tale of Two Sisters” que inclusivamente já teve há alguns anos, também um remake muito esquecível lá pelas américas.

the-silenced09

[“The Silenced”] chamou-me logo a atenção pelo trailer porque me fez lembrar precisamente “A Tale of Two Sisters“, tanto na atmosfera como na cinematografia. Um ambiente retro intemporal, um estilo visual algo gótico e uma atmosfera de mistério onde não se percebia bem qual o papel da parte sobrenatural na história.

the-silenced13

Como “A Tale of Two Sisters“, continua a ser algo único principalmente pelo nível de qualidade que atingiu, há muito que procurava um filme nos mesmos moldes e pensei que [“The Silenced”] seria finalmente um bom candidato; até porqueHansel & Gretel há alguns anos atrás também ficou bastante aquem das minhas espectativas na altura e portanto pensei que desta vez é que era.
Não foi.

the-silenced22

Não que [“The Silenced”] seja um mau filme, muito pelo contrário. Fica desde já aqui a recomendação apesar da classificação moderada que lhe irei atribuir, apenas acho que fica a meio caminho entre muita coisa e é esse o seu problema. [“The Silenced”] é um filme estranho porque é um híbrido de vários géneros que se calhar precisariam de mais tempo de exposição para resultar.

the-silenced10

Começa muito bem, com um ambiente muito “A Tale of Two Sisters“, depois passa pelo drama, pelo filme de escola, entra pelo cinema sobrenatural oriental e termina em algo que será uma espécie de filme de acção com uns pózinhos de “Akira” para rematar mas mantendo sempre aqui e ali um toque pessoal do realizador.

the-silenced20

Como vocês sabem eu não costumo revelar practicamente nada sobre a história dos filmes, pois eu ainda sou do tempo em que nós iamos ao cinema sem sequer ter visto um trailer e isso fazia com que apanhassemos depois boas e más surpresas com muita coisa que ficaria para sempre na memória e tornava cada filme uma experiência pessoal.
Tentar falar sobre [“The Silenced”] sem estragar o prazer da descoberta é complicado, mas se virem o trailer a coisa está mais ou menos delineada sem spoilers. A história é sobre uma miuda que por ter tuberculose é abandonada pelo pai e pela madrasta e internada num colégio isolado nas montanhas; um local que é ao mesmo tempo uma escola para raparigas e uma clínica de saúde.

the-silenced17

Acontece que nada é o que parece e de vez em quando algumas alunas pura e simplesmente desaparecem. A directora tem sempre uma explicação mundana para cada desaparecimento mas todas as raparigas sabem que algo se passa embora ninguém saiba o que fazer ou também como reagir a uma presença de contornos sobrenaturais que paira sobre a atmosfera do local.

the-silenced12

[“The Silenced”] é portanto sobre o mistério que envolve todos os acontecimentos à volta da presença das miudas no colégio e sobre a razão da existência daquela cliníca de saúde.
Isto passa-se algures num período em que a Coreia do Sul foi colonizada pelo Japão que mantinha uma forte presença militar repressiva no território e sobre o qual o filme não dá detalhes. E é pena, porque o contorno histórico da coisa deixou-me algo perdido pois a narrativa parece partir do princípio que toda a gente conhece o período em questão e no entanto não me parece que isso seja assim para os espectadores ocidentais ou até mesmo fora da area geográfica em que a história decorre.
Não que isso estrague particularmente o filme, mas teria sido interessante podermos contar com o mistério enquadrado num contexto histórico mais pormenorizado para quem não está a par da História da Coreia do Sul.

the-silenced04

Em termos de atmosfera o filme está fantástico. A única coisa que a quebra são as constantes mudanças no tom geral do filme. Num minuto estamos a ver um drama clínico, no minuto a seguir uma história sobre bullying, depois passa para filme de terror, depois entra no thriller puro, etc e isso acaba por ser algo desorientador para o espectador também.
No entanto, a cenografia, a cinematografia e o guarda roupa ilustram perfeitamente todo o ambiente assombrado da história e isso é um dos pontos alto do filme.

the-silenced06

E por falar em guarda roupa, eu vi-me grego para conseguir distinguir os personagens, pois todas as miudas a certa altura me pareciam iguais e senti-me completamente perdido a meio da história. É incrivel como todas as miudas em certas partes se parecem com a protagonista e isto é uma verdadeira distração quando estamos a tentar pensar na resolução do mistério e seguir todas as pistas.

the-silenced08

Por falar em mistério, [“The Silenced”] apenas falha, porque na verdade o mistério torna-se demasiado óbvio ainda o filme não vai a meio e isso retira-lhe muitos dos pontos. Normalmente algo assim até nem deveria ser problemático , mas neste caso, parece que até o realizador se apercebe do quanto a história nem tem o interesse que se calhar parecia ter no papel e apressa-se a mudar mais uma vez o tom do filme na segunda metade da história; em particular no segmento final quando tudo entra por um género de thriller que de repente faz com que o espectador sinta que se calhar mudou de filme e não reparou.

the-silenced11

O desenlace final apesar de fazer sentido, parece ter sido atirado demasiado rápido à cara do espectador e parece que mudamos de género de filme. Isto deixa-nos não só desconcertados como algumas pontas soltas do mistério ficam no ar (em particular a vertente “sobrenatural” anterior) e tudo parece ter sido despachado um bocado rápido demais.

the-silenced18

Se eu tiver que escolher uma razão principal para que este filme não me tenha impressionado por aí além, a razão principal está mesmo na falta de impacto do mistério. É tudo tão inevitável a partir de certa altura que o suposto “twist” habitualmente espectacular no cinema Sul Coreano, desta vez não teve qualquer impacto. Não causou qualquer murro no estomago e para mim isso é o pior que pode acontecer num filme que até então consegue uma boa atmosfera enigmática. Falhar redondamente na conclusão de um enigma para mim é do pior que pode acontecer num filme deste género e [“The Silenced”] falha precisamente aí.

——————————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO:

Para mim [“The Silenced”] é apenas um bom filme. Nem mais, nem menos. Não tem nada de particularmente mau, mas também não tem nada de extraordinário, embora não deixe de ser uma boa tentativa para se produzir algo original dentro do género e por isso se vocês gostam de filmes com mistérios este é um título a ver pelo menos uma vez pois não vão dar o vosso tempo por perdido.

the-silenced21

Tres tigelas de noodles. É bom, mas podia ter sido fantástico.

noodle2.jpg noodle2.jpg noodle2.jpg

A favor: o elenco é excelente com destaque para as miudas protagonistas, os cenários, o ambiente, a fotografia, a banda sonora, tudo certo e muito bom mesmo. A realização também é boa se dividirmos o filme por sementos com estilos diferentes. No geral tenta ser um filme diferente dentro de muitos e variados clichés e embora falhe é uma boa tentativa que irá agradar a quem gosta de filmes com histórias misteriosas.
Contra: é um daqueles filmes que só vemos mesmo uma vez, o twist final não tem qualquer impacto ou surpresa de maior, tenta meter géneros de cinema a mais apenas em hora e meia e não cabe tudo com a coerência de deveria ter sido, tinha quase o dever de ser um filme melhor do que é e é uma oportunidade perdida.

—————————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS:

TRAILER

IMDB
http://www.imdb.com/title/tt4708348

——————————————————————————————————————

Se gostou deste poderá gostar de:

A Tale of Two Sisters capinha_hansel-and-gretel

——————————————————————————————————————

Cinema_oriental_no_facebook

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s