CINEMAsiatico.wordpress.com

Rigor Mortis (Geung si) Juno Mak (2013) China

2 comentários


Os chineses reinventaram o filme de vampiros.
Ou melhor…segundo o que eu tenho lido sobre o tema, parece que a china já tem uma tradição particular no cinema de vampiros série-b que eu desconhecia por completo e ao qual este [“Rigor Mortis”] supostamente será uma singela homenagem ao mesmo tempo que pretende transportar o género para os tempos modernos.

Rigor-Mortis09

Uma coisa é certa, este filme é o antídoto perfeito para a desgraça do “Twilight”. Aqui não há vampiros lindos que brilham ao sol. Aqui há vampiros do c#”%#$” que lhes f%#$%#” a tromba sem dó nem piedade e os comem literalmente vivos num filme com baldes de sangue e entranhas quanto baste.
Vampiros inspirados no Nosferatu e não no Justin Bieber.

Rigor-Mortis28

[“Rigor Mortis”] foi uma verdadeira surpresa para mim pois não estava nada à espera disto.
Na verdade é melhor avisar já que o trailer engana.
[“Rigor Mortis”] não é o filme de terror em estilo Japonês que aparenta ser, não será própriamente um filme de fantasmas habitual e muito menos é o filme de aventura e acção que o trailer mostra. De todo.
O trailer mente !

Rigor-Mortis24

[“Rigor Mortis”] é a mistura mais estranha que alguma vez vi entre um filme de porrada ultra-comercial em estética Matrix e o mais introspectivo cinema-de-autor. Tanto podemos ficar estupefactos com a adrenalina das cenas de acção como logo a seguir levamos com longos takes intímistas que nos fazem mergulhar na vida deprimente e vazia de todos os personagens.

Rigor-Mortis11

Sendo uma abordagem aquilo que parece ser –o velho género– de cinema de vampiros chinês que eu desconhecia por completo, curiosamente o realizador/argumentista vai buscar inspiração á ideia do quanto a popularidade é efémera e acentua isso tendo chamado para o elenco precisamente bastantes daquelas caras que supostamente já terão sido bem populares no cinema deste género anos atrás, mas que actualmente andavam realmente afastados do grande écran na vida real, tendo caído no esquecimento público até serem convidados para entrar agora nesta história que de certa forma espelha não só o seu passado dentro do cinema do género como replica as suas vidas fora do écran até certo ponto.

Rigor-Mortis23

O que cai que nem uma luva, no tipo de universo que [“Rigor Mortis”] retrata. O velho prédio degradado e perdido nas zonas mais esquecidas de Hong Kong onde só vivem os mais idosos esquecidos de tudo e de todos, é também um mundo à parte onde a magia, as crendices populares e a bruxaria estão bem vivas e juntamente com a solidão alimentam aquelas almas que vagueiam por esse microcosmos onde apenas podem contar uns com outros e os dias são sempre iguais.

Rigor-Mortis29

O filme narra a história de um actor desempregado e esquecido com muitos problemas familiares e pessoais, que tentando fugir da sociedade e do esquecimento a que foi votado resolve alugar um apartamento num velho prédio com o propósito de se suicidar.
O realizador terá ido buscar para o papel principal, inclusivamente um actor que até este filme (segundo alguns artigos) teve uma vida particularmente semelhante ao personagem que agora interpreta, o que torna a sua prestação ainda mais real, pois muita da existência vazia do personagem, parece ter tido realmente eco na vida do actor que agora lhe dá vida neste filme.

Rigor-Mortis07

O que torna [“Rigor Mortis”] numa espécie de cinema-veritée em versão baldes de sangue, numa mistura entre drama sobre a solidão e o isolamento cruzado com o mais entusiasmaste filme de vampiros dos últimos tempos, pela forma absolutamente original com que tudo está orquestrado e apresentado ao espectador, deixando-nos curiosos, fascinados, entusiasmados, desconcertados; por vezes aborrecidos mas sempre hipnotizados.

Rigor-Mortis13

É dificil descrever este filme sem estragar as surpresas todas a quem ainda não o viu, pois este é um daqueles que merece ser visto sem sabermos nada sobre ele. Não porque a história tenha muitas surpresas mas porque o filme consegue surpreender visualmente nos momentos mais inesperados e portanto vale mesmo a pena ser visto, em especial se gostam de histórias com vampiros.
[“Rigor Mortis”] é o perfeito exemplo daquela originalidade que felizmente está bem viva pelas bandas do cinema oriental e aqui apesar do estranho cruzamento entre o cinema-de-autor e o cinema de efeitos especiais mais pipoca tem momentos que não irão esquecer tão cedo.

Rigor-Mortis02

O filme tem um design gráfico fabuloso. Não só a nível de estética, fotografia e cenários mas principalmente na forma com muita das sequências de acção estão filmadas. Por vezes parece que se irá tornar até demasiado estilizado mas não há dúvida que tudo está muito bem equilibrado e o realizador fez um trabalho excelente alternando entre o filme intimista de carga bastante triste e contemplativa e o cinema de porrada vampírica com adrenalina de fazer subir as paredes.

Rigor-Mortis14

Nota máxima também para o sangue.
Filme de vampiros que se preze tem que ter sangue mas sinceramente acho que nunca tinha visto um sangue tão realistico em filmes do género como neste [“Rigor Mortis”]. Se calhar pela forma como é usado, não só para dar vida á própria estética do filme mas porque há baldes dele espalhado pela história; muitas vezes mostrado de uma forma políticamente incorrecta que não passaria nos censores de Hollywood quando tentassem que isto se transformasse em mais um filme PG13 como parece que todo o suposto terror americano se tornou hoje em dia.
É um filme gráficamente violento a fazer lembrar “Dream Home” e felizmente não tem medo de o ser, para divertimento de quem adora filmes de vampiros, feios, maus e sujos, com sangue a sério e bem longe das tretas delicodoces do cinema para adolescentes americanos.

Rigor-Mortis33

Há sangue por todo o lado, esfaqueamentos múltiplos e mostrados de forma crua e explícita, pescoços quebrados da forma mais arrepiante, violações e muita violência psicológica à mistura que por vezes dá ao filme uma aura crua bastante doentia até, embora nunca desinteressante.
[“Rigor Mortis”] é uma estranha mistura entre filme de vampiros, filme de fantasmas e filme de bruxaria onde se cruzam drama sobre solidão e abandono com as mais entusiasmastes sequências de porrada em estilo CGI que já vi dentro do género.

Rigor-Mortis26

Segundo o que li, tal como aconteceu por exemplo em “In The Mood For Love” também este filme chinês está carregado de referências culturais que só o público oriental consegue notar e que certamente ainda o tornarão mais interessante na China, mas não há dúvida que há por aqui algo especial mesmo para o público ocidental que goste de cinema fantástico e não conheça muito da cultura sobrenatural chinesa em que esta história se assenta. O público ocidental pode curtir a referência ao Shinning para não se sentir deslocado.

Rigor-Mortis01

Em termos de falhas, independentemente do estilo mais intimista poder ser considerado uma falha por alguns espectadores ou não, quanto a mim [“Rigor Mortis”] só tem um problema que o impede de ser absolutamente brilhante.
[“Rigor Mortis”] supostamente é um filme de terror.
[“Rigor Mortis”] não mete medo absolutamente nenhum !!!
Népia !
Nicles !
Zero !
Tem pilhas de atmosfera, montes de sangue, fantasmas excelentes e bruxaria quanto baste, mas nunca em momento algum consegue criar qualquer clima de medo, suspanse ou terror a que estamos habituados encontrar no género.

Rigor-Mortis03
Tudo é espectacular ou tudo é intimista. Ambiente de terror é que não há em parte alguma apesar de toda a estética, dos baldes de sangue, dos esvíceraçamentos, das almas penadas em cgi e das mortes violentas.
Garanto-vos que ninguém se irá assustar minimamente com este filme e suspanse também não tem muito, o que é estranho, pois a partir de certa altura [“Rigor Mortis”] não consegue evitar a habitual previsibilidade apesar de toda a originalidade na maneira como mistura as ideias.

Rigor-Mortis16

Na verdade isto não será propriamente um ponto negativo, pois o filme funciona noutros níveis que atiram esta história de vampiros para um género particularmente único. No entanto eu tenho pena de não me ter assustado nada com isto, pois se há coisa que me decepciona no cinema de terror é precisamente quando este não assusta. Embora as almas penadas tenham um par de momentos arrepiantes mas também se tornam inconsequentes por serem tão estilizados.
Por outro lado [“Rigor Mortis”] compensa em adrenalina, construção de personagens e estilo visual e só por isso está de parabéns.

—————————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO

Um dos filmes de vampiros mais originais e estranhos que alguma vez vi.
Pode não ser propriamente assustador mas compensa plenamente em tudo o resto. No entanto o estranho equilíbrio entre o cinema de acção em estilo cgi ultra comercial e o mais introspectivo cinema de autor pode deixar muita gente desorientada e sem vontade de continuar a seguir a história em muitos dos momentos do filme.
No entanto, quatro tigelas de noodles pois é muito bom, tem muita adrenalina e é um excelente exemplo de como a imaginação está bem viva pelos lados do cinema chinês. Não tarda muito, isto ainda vai dar remake americano.

noodle2.jpg noodle2.jpg noodle2.jpg noodle2.jpg

A favor: Tem vampiros e caçadores de vampiros num estilo que ainda não tinha visto, está cheio de atmosfera e visualmente é fantástico e com muita personalidade, tem actores excelentes que merecem voltar à ribalta depois disto, está carregado de adrenalina mesmo nas cenas de lutas com muito cgi à mistura, tem um par de almas penadas arrepiastes, é uma excelente história sobrenatural embora não evite alguns clichés óbviamente, o equilíbrio entre o cinema comercial e o cinema de autor surpreendentemente resulta em pleno e torna o filme bastante original.

Contra: Possivelmente um dos filmes de terror menos assustadores de todos os tempos, por vezes a acção é tão estilizada que se sobrepõe àquilo que deveria ser mais assustador e menos artístico, as partes mais art-house podem matar de tédio e deixar desconcertado muito espectador que não esteja habituado a cinema menos comercial pois o cruzamento entre filme de porrada e cinema de autor intimista parece algo dificil de ser digerido ao inicio.

—————————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS

Trailer
https://www.youtube.com/watch?v=8ax65-ulouA

Rigor-Mortis00_anim

Comprar
Não está ainda disponível pelo ocidente.

Rigor-Mortis06b

IMDB
http://www.imdb.com/title/tt2771800
——————————————————————————————————————

Se gostou deste, irá gostar de:

capinha_dream_home capinha_confessions capinha_darkwater capinha_ju-on capinha_kairo
capinha_infection capinha_a-tale-of-two-sisters capinha_audition capinha_blood_last_vampire

——————————————————————————————————————

Cinema_oriental_no_facebook

 

Autor: Alcaminhante

Chamo-me Luis, tenho 45 anos e sou desenhador gráfico/ilustrador de profissão. www.icreateworlds.net Trabalho essencialmente como freelancer em ilustração tradicional e também em criação gráfica destinada á internet. Também trabalho em Banda Desenhada e quem quiser ir buscar os pdfs grátis do meu livro "As Aventuras do Príncipe Ziph" , sigam para aqui: http://icreateworlds.net/banda-desenhada-quadrinhos-gratis Interesso-me essencialmente por cinema, literatura, fotografia e longas caminhadas ao ar livre o mais longe de centros urbanos possível. De preferência junto ao mar e em praias isoladas. Tenho actualmente um blog sobre Cinema Oriental, outro sobre Ficção-Cientifica e ainda um site sobre Marte que podem encontrar aqui: http://www.o-enigma-de-marte.info Espero que gostem das sugestões e voltem sempre. Luis

2 thoughts on “Rigor Mortis (Geung si) Juno Mak (2013) China

  1. Acabei de ver o filme, foda demais, recomendo

  2. Bom, Blade é classificado como horror, mas não há uma única cena que cause medo em Blade. Não acho um demérito de um filme não se encaixar em um gênero. Filmes tendem a ser enquadrados em gêneros, infelizmente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s