CINEMAsiatico.wordpress.com

Satree lek (The Iron Ladies) Yongyoot Thongkongtoon (2000) Tailândia

Deixe um comentário


Este é um filme não apenas sobre homossexuais e transexuais, mas principalmente é uma história sobre “bichas” !
[“Iron Ladies“] é uma história com bichas histéricas por todo o lado, usa e abusa dos estéreotipos, entra por piadas que poderiam inclusivamente ser ofensivas e no entanto consegue cativar-nos com a sua humanidade ao contrário do que seria de esperar naquilo que parecia apenas ser uma comédia á volta de piadas fáceis com gays.

Se calhar é melhor começar por dizer que pessoalmente estou-me borrifando para as preferências sexuais de cada um, (live and let live) e como tal penso não ter particular homofobia, pois por mim cada um vive a vida como entender, mas a verdade é que aqueles homossexuais em modo bicha-histérica é algo que me ultrapassa por completo, como aposto que também confunde muita gente que também não compreende de todo aquele tipo de personalidades estilo bicha-excessiva e a razão de tanto comportamento exibicionista. E é com isto que [“Iron Ladies“]  joga logo muito bem para começar e não poderia tê-lo feito melhor.

Como explicar isto…[“Iron Ladies“] , assume desde os primeiros minutos que nos vai apresentar um filme de bichas, (não apenas homossexuais), mas quando poderia usar isso para ridicularizar este tipo de atitude perante a sociedade, troca-nos completamente as voltas e parte de todos os estereotipos e preconceitos que conhecemos ou podemos ter, para ir aos poucos trabalhando os personagens e no final damo-nos conta de que estamos a ver uma pequena e simples história, acima de tudo sobre seres humanos que se traduz num bom filme que poderia chamar-se na verdade, todos diferentes todos iguais sem precisar de ser panfletário na defesa do tema.

Homossexuais ou não, transexuais, gays, ou na vertente extrema de bichas em modo histérico, a verdade é que [“Iron Ladies“]  consegue o feito de ultrapassar toda a caricatura e mesmo sem nunca abandonar esse registo histérico apresenta-nos um conjunto de pessoas com que nos acabamos por identificar independentemente das preferências sexuais de cada espectador e tal como acontece ao público presente no estádio do final da história , damos por nós a torcer por aquelas pessoas no final da competição desportiva, apenas porque ficamos a gostar muito delas para lá de qualquer ideia pré-concebida que podemos ter dos personagens no começo do filme.

[“Iron Ladies“] para mim, era seria logo á partida um daqueles filmes para detestar. Não pelos personagens homossexuais, mas porque é um filme sobre competições desportivas e pela parte que me toca, ainda detesto mais filmes sobre desporto do que detesto filmes sobre intrigas palacianas. Sendo assim, comecei a ver isto, convencido que o filme ia ser uma treta pegada sem qualquer interesse e só me despertou interesse inicial, porque descobri que esta história não só foi baseada num caso real, como ainda por cima parece que está fielmente retratada, até naquilo que nos poderia parecer mais inverosímel e humoristico.

Parece que há alguns anos, lá pelas bandas da Tailândia, houve mesmo uma equipa de Volleyball que limpou um dos campeonatos mais importantes da modalidade contra tudo e contra todos e principalmente contra todas as probabilidades iniciais.
A equipa era composta quase na totalidade por homossexuais em estilo…muito, digamos…exagerado, por um jovem heterosexual (pelo visto algo perdido no meio de tudo aquilo) e por uma rapariga que já tinha sido um rapaz e por causa disso manteve-se incluida na equipa masculina; (pelo menos no que toca ao género que constava no bilhete de identidade dos participantes e não própriamente ás suas identidades sociais)…

Foi a equipa sensação, porque para além de todo o exibicionismo, ainda por cima parece que os tipos eram mesmo bons técnicamente e como tal deram um baile a muita equipa de machos a sério até ao fim do campeonato tal como está retratado no filme.
[“Iron Ladies“]  é um filme simpático. Na verdade como cinema é um produto bem mediano e banal, não diferindo muito daqueles telefilmes sobre desporto que já vimos milhares de vezes produzidos na américa e como tal não é pelo seu lado mais cinéfilo que irá conquistar espectadores.

É no entanto uma proposta muito divertida e com momentos mais intimistas do que seria de esperar, com excelentes caracterizações de personagens e segundo consta uma óptima reprodução dos acontecimentos reais até no visual dos próprios personagens. Inclusivamente aparecem no filme imagens dos verdadeiros protagonistas também.
Como comédia, não tem medo de ser totalmente politicamente incorrecto e antes que o espectador entre a matar com uma perspectiva mais ofensiva ou menos tolerante, é o próprio [“Iron Ladies“]  que se encarrega de nos apresentar desde logo todo o tipo de situações e piadas chungas ,anti-gays e afins em que o espectador possa pensar.
O que desarma logo metade de qualquer audiência que depois nem fica com muito para atacar caso pensasse falar mal do filme por ser uma história de …maricas.

[“Iron Ladies“]  é uma história de maricas, e maricas com muita mariquice  é coisa que não falta aqui, no entanto é o primeiro a assumir-se como ridicularizante da própria situação que pretende retratar para depois pegar nesse aspecto e conquistar-nos por completo humanizando todas as pessoas e anulando qualquer preconceito que possa existir.
Garanto-vos que mesmo que entrem nisto com vontade de rir um bocado das maricagens excessivas dos personagens, quando chegarem ao final da história já nem se lembram que estão a ver um filme totalmente gay e está aqui um dos grandes trunfos de [“Iron Ladies“].

Como comédia tem alguns gags muito divertidos mesmo, embora o facto de parecer mais um telefilme do que uma obra para cinema lhe retire muita da identidade que poderia ter tido e crie a ilusão de que será um produto mais banal do que se calhar até nem é.
Por outro lado, o trailer é bem mais engraçado que o filme.
Muito mais engraçado mesmo.

O filme tem algum desiquilibrio na narrativa e pelo facto de tentar contar tantas histórias com tantos personagens fragmenta-se demasiado entre a comédia e o drama televisivo e o ritmo narrativo acaba por sofrer bastante por isso.
Se o tipo de montagem fosse o mesmo presente no trailer, teriamos em [“Iron Ladies“]  uma comédia fantástica, mas assim como está estamos apenas perante um filme com alguns momentos muito divertidos e hilariantes mas que se perde algures entre vários géneros.
É uma comédia, tenta ser um drama e depois ainda segue todas as regras daqueles filmes desportivos que já vimos mil vezes e por isso a coisa não resulta tão bem quanto aparenta no trailer enquanto comédia supostamente hilariante.

Mas não deixem de espreitar pois é um pequeno filme algo surpreendente e  quanto mais não seja, vale a pena conhecer toda esta história invulgar ocorrida há mais de dez anos atrás no outro lado do mundo.
E mesmo não sendo uma comédia genial, contém um par de gags hilariantes com personagens do outro mundo.

——————————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO:

Se procuram uma boa comédia, bem conseguida e com um par de momentos muito engraçados não vão mais longe pois vão divertir-se com isto.
Não há muito mais para dizer, [“Iron Ladies“] é um filme muito simpático que nos cativa mais a cada minuto que passa e que vão gostar de acompanhar mesmo com toda a previsibilidade do final.
Trés tigelas de noodles pois é realmente um bom filme. Nem mais, nem menos.

noodle2.jpg noodle2.jpg noodle2.jpg

A favor: a humanização dos personagens ao longo do filme é a sua principal força, ridiculariza todo o universo gay antes que o espectador tenha tempo para o fazer de forma preconceituosa e dá-nos a volta por completo fazendo-nos ganhar respeito até pelas bichas mais histéricas presentes na história, alguns gags são hilariantes, consta que é uma excelente reprodução do que se passou até nos detalhes dos personagens, é um filme muito simpático e divertido cheio de personalidade que vão gostar de acompanhar e é um bom remédio para um dia triste e cinzento, até quem não pode mais com filmes desportivos irá gostar de acompanhar este.
Contra: nem sempre resulta como comédia pois tem demasiadas histórias mais sérias para contar ao mesmo tempo, o trailer é bem mais engraçado que o filme, não ficará na memória enquanto cinema pois assemelha-se demasiado a um telefilme, tem aquele estilo de humor oriental algo caótico que pode confundir quem não está habituado ao género da comédia asiática, é um filme sobre desporto e vocês já viram mil histórias iguais portanto já sabem com o que podem contar.

Ps: parece que o filme foi um sucesso tão grande que depois se realizou uma sequela, suponho eu já com uma história imaginada, mas de que falarei aqui assim que o conseguir ver.

—————————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS

Trailer
http://www.youtube.com/watch?v=1RrfImNslT4

Comprar
Comprar na Amazon.com

Download aqui

IMDB
http://www.imdb.com/title/tt0263957/combined

——————————————————————————————————————

Se gostou deste irá gostar de:
*Não tenho nenhuma comédia semelhante a isto no blog*

——————————————————————————————————————

Autor: Alcaminhante

Chamo-me Luis, tenho 45 anos e sou desenhador gráfico/ilustrador de profissão. www.icreateworlds.net Trabalho essencialmente como freelancer em ilustração tradicional e também em criação gráfica destinada á internet. Também trabalho em Banda Desenhada e quem quiser ir buscar os pdfs grátis do meu livro "As Aventuras do Príncipe Ziph" , sigam para aqui: http://icreateworlds.net/banda-desenhada-quadrinhos-gratis Interesso-me essencialmente por cinema, literatura, fotografia e longas caminhadas ao ar livre o mais longe de centros urbanos possível. De preferência junto ao mar e em praias isoladas. Tenho actualmente um blog sobre Cinema Oriental, outro sobre Ficção-Cientifica e ainda um site sobre Marte que podem encontrar aqui: http://www.o-enigma-de-marte.info Espero que gostem das sugestões e voltem sempre. Luis

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s