Taiyô no uta (Midnight Sun) Norihiro Koizumi (2006) Japão


Não era minha intenção recomendar mais um filme oriental romântico neste momento, mas para variar caiu-me em cima outra daquelas obras completamente inesperadas e como tal não posso mesmo deixar de falar de [“Midnight Sun“] porque este é mais um daqueles que não merece mesmo ficar esquecido e eu sei que vocês chegam a este blog á procura de sugestões de filmes românticos asiáticos.

MSun09

Desculpem mas não consigo evitar.
Mais uma vez ainda o filme não tinha passado da primeira meia hora inicial e eu só pensava: -“Mas porque raio é que Hollywood não se conseguem fazer filmes assim ??!”
[“Midnight Sun“] é mais um daqueles filmes orientais que eu costumo adorar principalmente por uma razão e que é aquilo que na minha opinião mais valoriza o cinema oriental romântico.
[“Midnight Sun“] “não tem” história nenhuma !!!

MSun010

Explicando melhor…se entendermos por – ter uma história – que um filme normalmente siga sempre uma fórmula que envolva determinados elementos “dramáticos” então [“Midnight Sun“] é um vazio absoluto.
Neste filme oriental não encontrarão:  triangulos amorosos, amores não correspondidos, relações proíbidas, ódio entre familias rivais, amores escondidos, amores proíbidos, inveja, intrigas amorosas, gajas más que estragam os namoros das amigas, gajos maus que são grunhos, traições, hormonas aos saltos, reconciliações ou sequer zangas de namorados.
Neste filme não encontram NADA !

MSun08

[“Midnight Sun“] conta a história de uma adolescente que sofre de uma doença que não lhe permite apanhar a mais pequena réstea de sol e como tal toda a sua existência é feita de noite. Da sua janela consegue ver uma paragem de autocarro onde durante meses observa um rapaz desconhecido e inevitávelmente se apaixona por ele.
A miúda tem no entanto um sonho de ser compositora/cantora e de noite costuma ir para o meio de uma praça onde toca as suas canções para o vazio.

MSun07

Uma noite encontra o rapaz e declara-se a este que apesar de ficar muito surpreendido fica no entanto muito curioso sobre a rapariga. Inevitavelmente as coisas avançam para um namoro essencialmente nocturno até ao momento que os acontecimentos evoluem até ao habitual final á cinema romântico oriental do qual eu não vou agora revelar mais nada mas que certamente todos vocês já sabem qual é.
Acabou a história.
Não tem mais nada. Não esperem o habitual cliché dos filmes adolescentes ao estilo americano. Não irão encontrar aqui nem um vestígio de qualquer lugar comum que estão habituados a ver nas sopeiradas telenovelísticas que passam por cinema romântico com adolescentes nos EUA e arredores.

MSun03

Até mesmo naquilo que poderia ter desgraçado logo o filme se este fosse um produto americano, [“Midnight Sun“] mantêm a sua identidade e qualidade. Falo claro, da parte musical da história, do desejo da rapariga de um dia poder vir a ser cantora e gravar um disco com as suas composições.
Num filme para adolescentes americanos, isto levaria imediatamente ao habitual drama sobre a rapariguinha que queria ser famosa mas depois seria enganada por um produtor qualquer que lhe quereria saltar para a cueca , etc, etc, etc.

MSun06

Não em [“Midnight Sun“]. Neste filme oriental não se passa nada disso. Toda a parte do argumento que foca o sonho da adolescente tem por base um tratamento emocional absolutamente discreto conseguindo transmitir ao espectador não uma imagem de um personagem que está a tentar ser famosa mas sim as emoções de uma rapariga que poderia ser nossa amiga e que a meio do filme já desejamos que ela tenha realmente sucesso sem que o realizador nos tenha conduzido “emocionalmente” pela mão. Em [“Midnight Sun“] ninguém nos “explica” como nos devemos sentir em relação aos personagens. A partir de certa altura damos apenas por nós a desejarmos poder também ser amigos daquelas pessoas e está aqui a grande magia deste pequeno filme japonês.

MSun011

Tem também outra característica muito curiosa.
Para um ocidental, habituado ao estilo video-clip americano deste género de filmes de amor com adolescentes, um filme sobre música que não tem qualquer tique de videoclip MTV quase que não faz sentido.
Neste aspecto, [“Midnight Sun“] é quase a antítese do cinema para adolescentes imbecis, pois acima de tudo apresenta-nos uma história com adolescentes, também para adolescentes, mas não aponta apenas para essa audiência.
Ou seja, desde os personagens que têm uma caracterização profundamente humana até ao espectador que é tratado como um adulto seja qual for a idade de quem estiver a ver este filme, tudo aqui funciona para essencialmente contar a história da forma mais simples e sem artíficios possível.

MSun04

Como resultado disto, quando eu penso que este filme japonês foi um grande sucesso no oriente inclusivamente junto do público adolescente quase que nem consigo acreditar numa coisa destas.
É que vocês sabem, se por exemplo um filme destes aparecesse em Portugal, podem ter a certeza que 99% do pessoal que  esgota as sessões dos “Transformers2” e do “17 Again”  iria logo dizer que [“Midnight Sun“] era uma seca do “#$%&. Podem apostar.
Da mesma forma que nenhum puto (ou espectador de cinema de shopping-center) alguma vez irá acreditar que um filme como “In The Mood For Love” foi um sucesso comercial especialmente junto do público adolescente oriental, também aqui no caso deste pequeno grande filme romântico jamais o classificariam de outra coisa que não de filme de autor para intelectuais.

MSun05

[“Midnight Sun“] não é de forma nenhuma um filme asiático para adolescentes americanizados, é um filme musical cheio de alma que é a perfeita antítese de um “High School Musical” e o antídoto perfeito para quem já não acredita que se podem fazer filmes com adolescentes, sobre adolescentes e com música pop sem tudo descambar numa piroseira para criancinhas de hormonas aos saltos.
Não tem uma montagem estilo MTV, e na verdade ao longo das suas mais de duas horas até pode parecer por vezes um filme lento. Muito lento.
Lento mesmo.
É um daqueles filmes que não tem pressa de ir a lado nenhum, pois a sua magia nem sequer está na história por demais previsível, mas sim na humanidade dos personagens. É um daqueles filmes orientais  em que ficamos mesmo a gostar daquelas pessoas pois fazem-nos esquecer por completo que são actores a representar um papel.

MSun012

Neste aspecto nota alta para os personagens dos pais da rapariga. Ao contrário do que seria habitual num “drama” ocidental, estes não têm qualquer oposição ao facto da filha começar a gostar de um rapaz, mesmo quando ela tem aquele tipo de doença. Não esperem encontrar em [“Midnight Sun“] os habituais dramas de pacotilha ao estilo: – “afasta-te da minha filha”.
Aliás não esperem encontrar nada neste filme japonês que esperam encontrar se o tentarem ver por um prisma de comparação com o cinema para adolescentes americanos.
Os personagens dos pais da rapariga são verdadeiramente únicos dentro deste estilo de histórias e a maneira como estes são usados para ainda tornar mais emocional todo o drama é absolutamnte notável, pois o próprio facto daquelas pessoas nunca entrarem nas histerias telenovelisticas a que estamos habituados torna-os absolutamente humanos nas cenas em que precisam de nos transmitir as suas emoções. Tudo num trabalho cinco estrelas dos próprios actores que á força de parecerem ter personagens que não servem para muito, acabam por potenciar tudo aquilo que o espectador depois irá sentir no final perante o desenlace da história de amor dos dois adolescentes principais da história.

MSun013

Eu sei que o texto já vai longo, mas não posso terminar sem referir aquilo que é verdadeiramente um personagem á parte dentro do filme; as próprias imagens e ambientes presentes em cada fotograma. Não porque nos mostram paisagens fabulosas, mas porque conseguem criar um ambiente intimista que ao mesmo tempo romantiza ainda mais a história e cria um pequeno mundo á parte dentro do mundo fechado em que a protagonista do filme é obrigada a viver.
Vão adorar a discreta fotografia deste filme oriental e ainda vão descobrir um par de imagens inesquecíveis, nomeadamente a que envolve gira-sois e mais não digo, pois tal como no também japonês e fabuloso “Be With You” também em [“Midnight Sun“] esta flor tem um significado muito importante e que dota toda a história de uma poesia extra que se calhar nem seria necessária mas que uma vez no ecran vos vai fazer recordar este filme asiático por muito mais tempo.

——————————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO:

Mais uma história de amor oriental fantástica pela sua simplicidade.
Não há muito mais a dizer sobre este filme asiático e só não lhe dou melhor nota porque a sua história base não foge muito ao habitual lugar comum deste género de histórias dentro do cinema oriental.
É no entanto um filme indispensável para quem gostar de boas histórias de amor e quiser ver mais uma que certamente não irá esquecer e onde a poesia da mesma compensa todas as suas pequenas falhas que nem sequer são muitas.
Quatro tigelas de noodles.

noodle2.jpg noodle2.jpg noodle2.jpg noodle2.jpg

A favor: é assim que se faz um filme musical com adolescentes, mais uma vez o humanismo da caracterização dos personagens, o excelente trabalho dos actores que se apagam dentro das pessoas que incorporam nesta história, os pequenos pormenores românticos que percorrem todo o filme, a simplicidade das sequências musicais que nos fazem esquecer por completo que este até é um filme com música e adolescentes, a banda sonora, a simplicidade da história e do seu desenvolvimento, é o filme perfeito para quem já não podem mais com fitas de adolescentes americanos, o trabalho do realizador é discretamente notável, a maneira como os ambientes se tornam num personagem á parte, é um filme sem pressa com uma atmosfera contemplativa intensamente triste e poética ao mesmo tempo a fazer lembrar o melhor de “Il Mare“, é um filme com adolescentes para adolescentes sem insultar a inteligencia do espectador, irá agradar a todas as idades, os girassois no final.
Contra: a história base poderia ter sido mais inovadora, poderá ser um filme demasiado contemplativo para quem estiver habituado a uma montagem mais estilo “Michael Bay”.

——————————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS

Trailer
http://www.youtube.com/watch?v=gqpKakxKKr4

MSun01
Comprar
O filme está absolutamente barato na Play-Asia numa edição com um DTS excelente por isso pessoal é aproveitar porque este é um daqueles filmes que merece ser ouvido com um som em condições e visto numa cópia a sério.
http://www.play-asia.com/paOS-13-71-7j-77-1-49-en-15-midnight+sun-70-1zf9.html

Podem sacar o filme para espreitarem no excelente AsianSpace blog, mas atenção que a cópia lá disponibilizada é mesmo muito, muito fraca e inclusivamente está ripada no formato errado. Só o conseguirão ver em 16:9 se configurarem o vosso dvd para 4:3 e simularem as barras em cima e em baixo.
Se viverem em Portugal também não irão gostar nada da legendagem em Pt do Brasil pois está tudo num calão demasiado “galera” e isso aos olhos de muitos de nós aqui do outro lado do oceano pode tornar-se extremamente enervante pois quase dá cabo da intensidade dramática da história pelo “colorido tropical” das legendas que se torna quase insuportável.

IMDB
http://www.imdb.com/title/tt0844347/

——————————————————————————————————————

Outros títulos românticos recomendados:

Be With You My Sassy Girl Il Mare The Classic Fly me to Polaris

Love Phobia concerto_capinha_73x cyborg_she_capinha_73x

ditto_capinha_73x my_girl_and_i_minicapinha

——————————————————————————————————————

3 thoughts on “Taiyô no uta (Midnight Sun) Norihiro Koizumi (2006) Japão

  1. Gostaria de saber se existe algum site em que eu possa assisitir filmes orientais legendados?
    Adoro filmes orientais, mas não sei aonde eu posso encontrar.

    1. Um dos melhores locais para ires buscar muitos dos filmes que comento no meu blog (e muito mais), é o Asian Space.
      http://asianspace.blogspot.com/
      Todos estão legendados em PT/BR e é uma boa maneira de espreitarem filmes orientais se não se orientarem com a lingua inglesa ou não quiserem comprar dvds sem saber se gostam.
      Tens de ter uma conta no rapidshare, megaupload ou hotfile (não é caro) mas vale a pena para fazeres download do que encontrarás lá.
      Assitires em directo na net, não conheço nenhum sitio , muito menos com legendas em pt/br, por isso a tua melhor opção se precisas de legendas é mesmo o http://asianspace.blogspot.com/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s