Naesarang ssagaji (100 Days with Mr. Arrogant) Dong-yeob Shin (2004) Coreia do Sul


Este filme oriental é tão cute que mete vómitos.
Tem uma atmosfera tão…ehm, bem…fofinha que faz lembrar aqueles anime femininos em total modo histérico cheios de bonequinhas-colegiais aos gritos e risinhos por todo o lado e tudo embrulhado num estilo gráfico que se poderia designar por pop-caótico na melhor tradição moderna Coreana.
Isto quer dizer claro, que estamos na presença de mais outro clone de “My Sassy Girl” por isso bem-vindos a [“100 Days With Mr Arrogant“].

Desliguem o cérebro porque isto não é um filme para pensar e muito menos para ter lógica. Olhem para aqui como se estivessem a ver um anime e se não se incomodarem com o estilo de humor oriental a duzentos á hora vão divertir-se certamente.
Partindo deste presuposto, quanto a mim, diverti-me á brava a ver isto. Este é mais uma daquelas histórias que embora tenha a inevitável base previsível, a verdade é que o espectador não imagina nunca o que vai acontecer a seguir no que toca aos pormenores. Tudo pode acontecer e neste filme normalmente acontece.

Practicamente 70% do filme é composto pelas mais indescritiveis peripécias dos protagonistas que resultam num conjunto de bons gags sendo um par deles particularmente hilariantes.
Basicamente o que este filme tem é mesmo -muito boa onda – tornando-se no antídoto perfeito para aqueles dias tristes das nossas vidas pois o filme é na verdade tão estúpido que é impossível não sorrirmos ao ver tamanha sucessão de desgraças, planos falhados e momentos fofinhos quanto baste.

Os outros 30% do filme são o que o impede de ser realmente a grande comédia romântica que merecia ter sido pois a parte final é composta pela habitual e formulática reviravolta no estilo iniciado pelo “My Sassy Girl” mas que no caso deste [“100 Days With Mr Arrogant“] é aquilo que quase afunda o filme.
Isto porque ao contrário do original não há aqui qualquer equlíbrio entre o drama e a comédia ou criação de atmosfera romântica minimamente humanizada.
Estamos a ver uma comédia asiática completamente alucinante e de repente apanhamos com uma história de amor com contornos pretensamente sérios mas que está totalmente deslocada de tudo o que até então tinha acontecido no filme.
E para piorar as coisas, as motivações dos personagens dentro da habitual estrutura – boy finds girl- boy looses girl – boy gets girl again- aqui parecem saídas de um episódio dos Morangos com Açucar pois os protagonistas de repente transformam-se em verdadeiros adolescentes sem cérebro ao melhor estilo TVI, coisa que estranhamente até ali mesmo nos momentos mais malucos do filme não pareciam ser.

O problema é que tudo o que acontece nas partes cómicas tem o seu contexto próprio ao contrário da suposta sequência dramática que parece caír de pára-quedas só porque a fórmula pedia um romance parecido ao do “My Sassy Girl”.
Este filme é precisamente o exemplo perfeito de como não basta apenas ter um par de bons actores a desempenharem dois personagens divertidos para se conseguir a mesma magia que esteve presente na fórmula original. Há que ter um toque especial que falta óbviamente a este filme.

Mesmo com alguns gags absolutamente geniais (e que não ficariam nada mal se tivessem sido interpretados pela sassy girl original), este filme fica a meio caminho do seu potencial precisamente porque a parte romântica não tem alma.
Também em “My Sassy Girl” já se esperaria que os dois protagonistas acabassem juntos mas a grande magia do seu conceito original é que o realizador conseguiu realmente criar alguma dúvida no espectador precisamente porque os personagens são caracterizados como pessoas reais e é esse aqui o grande problema de [“100 Days With Mr Arrogant“] pois começa como um Anime de imagem real mas nunca consegue livrar-se dos seus personagens de cartão quando tenta ser algo mais.

Quando tenta enveredar pelo drama tudo cai por terra porque apesar dos “bonecos” resultarem a 100% nos excelentes momentos de comédia, nunca conseguem convencer-nos dos seus sentimentos o suficiente para que nos importemos com o seu drama na parte final do filme.

——————————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO:

Resumindo, apesar da sua parte final a puxar para o drama romântico adolescente de pacotilha, a verdade é que [“100 Days With Mr Arrogant“] é uma comédia muito divertida, com gags delirantes embrulhados em sequências imaginativas e acima de tudo ultra-mega-cute o que transformam este filme em mais um daqueles produtos comerciais fofinhos de meter vómito mas que não nos deixa tirar os olhos do ecrã durante o tempo todo se decidirmos entrar no espírito da coisa e deixarmo-nos levar por ele.
Ao contrário de “S-Diary” (outro clone de “My Sassy Girl”), apesar da parte dramática não ter interesse pelo menos no que toca ás cenas de comédia [“100 Days With Mr Arrogant“] mantém sempre um ritmo constante com coisas divertidas a acontecerem a todo o instante e neste aspecto resulta particularmente bem melhor do que grande parte dos outros clones.
Totalmente recomendado se quiserem passar uns noventa minutos divertidos e uma boa opção para quem quer adicionar uma comédia á colecção. E se não esperarem muito da história de amor também não é por causa da sua fragilidade que vão deixar de se divertir com este filme.
Trés tigelas e meia de noodles porque enquanto filme não vale muito mais, mas como divertimento braindead recomendo vivamente.

noodle2.jpg noodle2.jpg noodle2.jpg noodle2emeia.jpg

A favor: é um clone de “My Sassy Girl” mas no que toca á parte de comédia resulta plenamente, alguns gags são brilhantes, não tem medo de ser politicamente incorrecto, tem muito boa onda e é um daqueles filmes muito positivos que alegram qualquer dia cinzento, a actriz principal dá bem conta do recado e é muito divertida, os personagens secundários são muito engraçados nomeadamente as amigas da protagonista, o estilo fofinho caótico do filme assenta perfeitamente.
Contra: ao tentarem imitar demasiado “My Sassy Girl”, falharam por completo na parte dramática, pois os personagens de cartão nunca ganham a alma e a humanidade do “filme original” e como tal a sequência romântica não provoca nenhuma reacção emocional no espectador pois todo o “drama” mais parece ter saído dos Morangos com Açucar, do Rebelde Way ou de qualquer uma daquelas séries cheias de adolescentes “tios”/imbecis/fashion que infestam as nossas televisões nacionais.

—————————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS

Trailer
http://www.youtube.com/watch?v=Er30pYSM8to

Imdb
http://www.imdb.com/title/tt0395677/

Comprar
Por agora só o encontro á venda na Amazon.com

——————————————————————————————————————

Comédias semelhantes:

My Sassy Girl

——————————————————————————————————————

One thought on “Naesarang ssagaji (100 Days with Mr. Arrogant) Dong-yeob Shin (2004) Coreia do Sul

  1. Filme para rir (com muitas cenas divertidas), basicamente. Não há uma harmonia entre a pessoa que vê o filme e os personagens e nisso o filme poderia ter sido muito melhor.
    Mas não dou o meu tempo por perdido, aliás muito pelo contrário. Um a filme que recomendo mesmo a ver. 😀

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s