CINEMAsiatico.wordpress.com

Juyuso seubgyuksageun ( Attack the Gas Station ) Sang-Jin Kim ( 1999 ) Coreia do Sul

Deixe um comentário


Ainda alguém me há de explicar porque raio é que este filme oriental é tão considerado em todo o lado.
É rara a crítica espalhada pela net que não considere [“Attack the Gas Station“] quase uma obra prima da comédia e ainda estou para compreender o porquê mesmo depois de já ter lido uma boa dezena de reviews.

O conceito é realmente original e de vez em quando aparecem uns gags bem divertidos, mas nunca ao ponto de fazer disto aquela comédia que supostamente mantém o espectador a rir do início ao fim.
Os personagens na sua maioria ou são irritantes ou absolutamente detestáveis e a esta sina nem a miúda da história escapa o que anula também logo a suposta sequência romântica do filme. Se bem que dizer que este fime tem partes românticas é exagerar um bocado.
[“Attack the Gas Station“] é sobre hooligans e apresenta-os como uma espécie de herois só porque destroiem bombas de gasolina á porrada porque não têm mais nada para fazer.
A não ser que o leitor destas linhas também se identifique com este “passatempo” não estou a ver como se conseguirá identificar com os personagens ao ponto de os querer acompanhar ao longo do filme ou importar-se com o seu destino. O que na minha opinião retira logo metade da magia de [“Attack the Gas Station“] pois pelo menos a mim apetece-me mais partir a cara aos protagonistas do que própriamente rir com as suas supostas divertidas “travessuras” de destruição só porque lhes apetece meter estilo a partir coisas.
Aliás, talvez o que mais enerva neste filme asáitico é que dá estilo aos personagens e passa ao espectador a ideia de que ser um holligan é tão cool como andar vestido á Matrix.

Isto é ao mesmo tempo, o que mais irrita no filme e o que lhe dá uma identidade muito própria pois há que reconhecer que estilísticamente o realizador conseguiu ilustrar aqui de forma muito glamorosa uma suposta sub-cultura urbana que se calhar não precisaria deste incentivo, pois segundo consta este passatempo de destruir bombas de gasolina só porque sim (que já existia antes), ganhou contornos de epidemia após o sucesso de [“Attack the Gas Station“]  na Coreia do Sul com a policia a ter problemas com jovens admiradores do filme que viram nele um incentivo para também irem brincar ao mesmo com a justificação de que era tão cool e rebelde como ser surfista ou practicar um qualquer desporto radical.

Por isso, pelo menos para mim, é-me muito dificil analisar este filme oriental de uma forma coerente (ou se calhar, justa), mas a verdade é que a glorificação do tema presente no filme me irrita particularmente.
É que se isto é suposto ser uma sátira, há aqui algo que falha pois na minha opinião aponta mais para o contrario e para uma exposição de uma sub-cultura urbana violenta, aligeirando-a através do humor.
O que é pena, pois como já disse o conceito do filme tem ideias absolutamente geniais que se perdem pelo facto dos personagens serem detestáveis.
O estilo visual do filme tem personalidade e as cenas de acção são realmente divertidas. O problema é que entre esses momentos e o resto do que se passa na história, a coisa arrasta-se com conflitos entre personagens que não são particularmente interessantes precisamente porque são de um vazio absoluto.
A isto junta-se uma montagem algo desiquilibrada, ou pelo menos é essa a ideia que passa, pois os momentos de acção são plenamente conseguidos, mas quando não há porrada-de-criar-bicho a acontecer faz com que cinco minutos de filme pareçam meia hora até que venha a cena de violência estilo cartoon seguinte.

No entanto, se há algo que quase redime este filme de todas as suas falhas, é o seu final que contém uma batalha hilariante entre vários gangs de entregadores de pizzas.
Sim, leram bem…eu digo de novo – gangs de entregadores de pizzas  !
Estou convencido que é este pormenor no conceito do filme que o faz parecer a comédia brilhante aos olhos de muita gente quando na realidade não é assim tão genial como querem fazer crer.
Mas é verdade que a ideia dos gangs de entregadores de pizzas em conflito por território sobre o qual gira uma parte da segunda metade do filme é realmente muito engraçada e ainda por cima porque culmina numa batalha campal entre gangs rivais verdadeiramente genial e que torna quase obrigatória a visão deste filme para quem gosta de comédias alucinadas com momentos únicos.
Só por esta parte quase que uma pessoa sente a tentação de gostar mais do filme, mas se esquecermos esses momentos há que reconhecer que um gag absolutamente brilhante não faz uma comédia genial.
O que é pena, pois [“Attack the Gas Station“]  tivesse seguido mais pelo caminho com que acaba se calhar o filme mereceria mesmo todos os elogios que recebe actualmente em quase todo o lado quando na verdade não deveria.

Se estiverem interessados em comprar o filme, sugiro esta versão á venda na amazon americana.
http://www.amazon.com/Attack-Gas-Station-Sung-jae-Lee/dp/B0001Z3ILM
Atenção no entanto que é uma versão R1 da minha cópia R3 e que é de uma qualidade absolutamente atroz em todos os sentidos. Péssima codificação de imagem (com artefactos no ecran maiores que um botão de comando remoto), som sem força, pan&scan disfarçado de letterbox, etc.
O pior é que não existe propriamente á venda uma edição deste filme que se possa dizer que seja melhor. Todas as versões existentes têm problemas e talvez por causa disso é cada vez mais dificil encontrarmos este filme em dvd.
No entanto, se acharem que vão gostar, recomendo a compra apesar de tudo.

——————————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO:

Se conseguirem ultrapassar o facto do filme glorificar (e desculpar) pelo humor uma sub-cultura urbana absolutamente marada, daquelas que só mesmo no oriente é que poderia existir, então têm em [“Attack the Gas Station“] uma proposta que lhes irá agradar.
Apesar disso, se esquecermos os personagens e nos concentrarmos no conceito, o filme contém alguns bons momentos de diversão e pelo menos um ou dois gags absolutamente hilariantes perdidos no meio de muita banalidade supostamente humorística.
Além disso contém uma batalha final entre gangs de entregadores de pizzas que merece ser vista pois é o equivalente urbano do “BraveHeart”.
Concluindo, [“Attack the Gas Station“] não é um mau filme apesar de tudo, mas agora não é de forma alguma a obra prima da comédia que muitos querem fazer crer,
Trés tijelas de noodles embora se calhar talvez mereça menos. Leva mais meia tijela por causa da cena de pancadaria final.

noodle2.jpg noodle2.jpg noodle2.jpg

A favor: o conceito dos gangs de entregadores de pizza, alguns gags bem conseguidos, a batalha final, o estilo visual em alguns momentos.
Contra: os personagens principais irritam e são um vazio absoluto, há momentos de violência que são apenas estúpidos e não são nada humorísticos sem servir absolutamente para mais nada (nem sequer como humor negro), quando não há violência cartoonesca o filme arrasta-se, o dvd tem uma qualidade do piorio.

——————————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS:

Trailer:
http://www.youtube.com/watch?v=hFgtINKmWiA

Opiniões adicionais:
http://www.kfccinema.com/reviews/comedy/attackgas/attackgas.html
http://www.koroshiya.co.uk/attackgasstation.htm
http://www.lovehkfilm.com/panasia/attack_the_gas_station.htm

IMDB
http://www.imdb.com/title/tt0262246/

——————————————————————————————————————

Filmes “semelhantes” de que poderá gostar:

The Happiness of the Katakuris

——————————————————————————————————————

Autor: Alcaminhante

Chamo-me Luis, tenho 45 anos e sou desenhador gráfico/ilustrador de profissão. www.icreateworlds.net Trabalho essencialmente como freelancer em ilustração tradicional e também em criação gráfica destinada á internet. Também trabalho em Banda Desenhada e quem quiser ir buscar os pdfs grátis do meu livro "As Aventuras do Príncipe Ziph" , sigam para aqui: http://icreateworlds.net/banda-desenhada-quadrinhos-gratis Interesso-me essencialmente por cinema, literatura, fotografia e longas caminhadas ao ar livre o mais longe de centros urbanos possível. De preferência junto ao mar e em praias isoladas. Tenho actualmente um blog sobre Cinema Oriental, outro sobre Ficção-Cientifica e ainda um site sobre Marte que podem encontrar aqui: http://www.o-enigma-de-marte.info Espero que gostem das sugestões e voltem sempre. Luis

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s