CINEMAsiatico.wordpress.com

Ima, Ai Ni Yukimasu (Be With You) Nobuhiro Doi (2004) Japão

6 comentários


Apesar de [“Be With You“] já ter sido produzido em 2004, até há bem pouco tempo não havia qualquer informação de relevo sobre este filme na internet.

bewithyou03

Quase cheguei a pensar que ninguém a não ser eu o tinha visto aqui no ocidente, pois todas as páginas que encontrava sobre o mesmo estavam inevitávelmente escritas em japonês.
Curiosamente, a partir do momento em que apareceu no Imdb a notícia de que Hollywood havia comprado os direitos para fazer um (inevitável) remake americano, (com Jennifer Garner), começaram agora a surgir pela primeira vez em inglés na internet as primeiras referências ao filme original.

bewithyou02

Por isso, e antes que aconteça o mesmo que aconteceu com o fabuloso “Il Mare” que na sua charoposa e descaracterizada versão americana ganhou o nome “The Lake House“, aconselho vivamente a quem gosta de uma boa história romântica com contornos “sobrenaturais” que procure  este filme o quanto antes pois na minha opinião tem suficientes atractivos para prender o espectador ao ecran e pregar umas quantas surpresas pelo meio.
Posso garantir-vos é que se gostam de cinema romântico com alma e estão fartos dos enlatados americanos com pseudo-love stories formuláticas, então não irão esquecer este filme tão cedo pois o seu final ainda lhes irá proporcionar alguns bons motivos para uma discussão filosófica entre amigos.

bewithyou01

[“Be With You“], é um pequeno grande exemplo de como se pode fazer cinema comercial romântico de forma inteligente, mesmo usando os habituais clichés para criar desta vez uma história realmente com substância.
Apesar de se calhar, á primeira vista prometer vir a ser algo tão pastoso como o próximo enlatado com a Jeniffer Lopez, não se deixem desmoralizar pelo ritmo calmo do início e posso garantir-vos que o final do filme irá no mínimo provocar não só legítima emoção (pela súbita identificação do espectador quando nos apercebemos da questão central da história), mas principalmente muita discussão sobre o tema que de repente nos é apresentado no segmento final onde tudo é revelado.

bwu03.jpg

O filme conta a história de uma familia em que a mãe morre, deixando o pai sózinho a tomar conta de um filho com 5 anos.
Ao morrer a mãe promete voltar num dia de chuva e eis que meses mais tarde na estação das chuvas, ao passearem num bosque, o pai e a criança encontram uma mulher exactamente igual á falecida esposa e mãe.

bwu01.jpg

Fascinados pelas semelhanças entre a rapariga que encontram e a falecida, decidem aproveitar o facto desta pessoa se econtrar totalmente amnésica e recolhem-na em sua casa ao mesmo tempo que a convencem de que ela sempre fez realmente parte da familia e que apenas esteve muito doente internada durante meses num hospital.
A partir daqui o mistério adensa-se. Quem é a jovem amnésica e porque tem tantas semelhanças com a rapariga que faleceu ?
Quem conhece bem o cinema romântico oriental já sabe com o que pode contar e com uma resposta no mínimo original que infelizmente agora não posso comentar pois estaria a dar cabo do filme a toda a gente.

bwu02.jpg

Se gostam de bons filmes românticos com um conteúdo inteligente sem ser pretencioso, se gostam de finais com uma pitada de mistério e de filmes em que os personagens parecem mesmo seres humanos e não apenas estereótipos, sugiro que procurem este filme o quanto antes não vá aparecer por aí o remake americano um destes dias e estragar toda a magia da surpresa original. E já agora se não gostam de gira-sois depois deste filme passam a gostar.

bewithyou17

[“Be With You“] é a adaptação de um romance original japonês que aparentemente teve um enorme sucesso por aquelas bandas do oriente e posso dizer-vos que se nota. Nota-se que foi adaptado de um livro. Está carregado daqueles pequenos pormenores que nem sempre se encontram em histórias especificamente criadas para  filme e isto torna-se ainda mais evidente depois que lemos o livro.
Não só o filme está mesmo muito bem adaptado como ao mesmo tempo ainda deixa coisas para descobrirmos no livro sem que isso tenha sido prejudicial para o argumento adaptado ou até vice-versa.

bewithyou15

É um filme melancólico mas nunca triste. Poderá ser algo lento para quem estiver habituado a uma montagem mais americanizada mas esta lentidão só lhe dá ainda maior poesia.
Está carregado de imagens bonitas compostas apenas através do que se encontra no quotidiano e toda a atmosfera da história além de ser bastante misteriosa quase que se torna verdadeiramente mágica por causa disso.

bewithyou12

Quem gostou de “Il Mare” por exemplo, pode contar com um ambiente relativamente semelhante e por isso recomendo vivamente este filme. Aliás temos aqui mais um em que a banda sonora é verdadeiramente fundamental para a emotividade da história e desta vez nem o facto de conter um par de canções mais pop-japonês prejudica o que quer que seja no produto final.

bewithyou07

Aliás com um final como [“Be With You“] tem, seria quase impossível que alguma coisa tivesse estragado este filme.
Quem procura uma história de amor de contornos “sobrenaturais” não pode de forma nenhuma perder esta pequena grande obra e espero sinceramente que o consigam ver antes que o remake americano chegue e lhes estrague por completo toda a magia da surpresa presente nesta história.

bewithyou11

Este é um daqueles casos que não sei se recomende que primeiro leiam o livro ou vejam o filme. Na verdade o filme vai estragar-lhes a surpresa da história no final do livro, mas por outro lado a visão da adaptação cinematográfica não teria o mesmo impacto se já soubessem a solução do mistério e sendo assim acho que recomendo mesmo que vejam o filme primeiro.
Até porque depois o livro não fica a perder e até é capaz de ganhar ainda mais magia pois é um daqueles que se lê pelo puro prazer de o compararmos com o filme.

——————————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO:

Absolutamente fabuloso e totalmente obrigatório para quem gosta de bom cinema romântico com muita alma e imaginação. E já que vão comprar este juntem também  ”The Classic“, “Be With You“, “My Sassy Girl”, “Fly me to Polaris” e “Il Mare“ pois ficarão com uma pequena colecção do melhor cinema comercial romântico que poderão encontrar actualmente.
Cinco tijelas de noodles e um Golden Award como selo de qualidade, sem qualquer hesitação.

noodle2.jpg noodle2.jpg noodle2.jpg noodle2.jpg noodle2.jpg gold-award.jpg

A favor: história, humanismo dos personagens, interpretações, banda sonora, ambiente, fotografia, montagem, final.
Contra: absolutamente nada, embora para algumas pessoas possa parecer um filme um bocadinho lento. O que não quer dizer que seja aborrecido, muito pelo contrário.

——————————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS:

Gostava de lhes recomendar o trailer oficial japonês que vem no interior do dvd pois é bem mais misterioso do que aquele que lhes vou apontar, mas infelizmente este é particularmente dificil de se encontrar.
Podem no entanto espreitar o segundo trailer menos misterioso no link a seguir.
http://www.youtube.com/watch?v=Iwyp1g9yoNE

Comprar
Eu ia sugerir a compra desta edição fantástica, barata e com pilhas de gadgets fofinhos para todos os gostos (á maneira japonesa)  mas infelizmente a edição com esta caixa especial parece estar agora descontinuada.
http://www.play-asia.com/paOS-13-71-7l-77-1-49-en-15-be+with+you-70-yrn.html

capa_bewithyou.jpg

No entanto podem encontrar o dvd normal aqui
http://www.play-asia.com/paOS-13-71-7l-49-en-15-be+with+you-70-tyi.html .
Não existe diferença entre esta edição e o dvd que vem na caixa especial da edição esgotada. O filme é o mesmo.
Excelente imagem, legendas em inglés e um DTS fantástico a condizer.
Se encomendarem algo nesta loja, sugiro o método de expedição mais barato (“buble”),  pois chega perfeitamente. Costumo comprar muitos dos meus filmes orientais na Play-Asia e até hoje nunca tive qualquer problema de alfândega.

Se o quiserem sacar da net podem encontrá-lo no Asian Space blog com legendas em PT do Brasil. É uma boa opção para quem não sabe ler inglés, mas infelizmente não vão poder ver/ouvir o filme com o mágnifico DTS que a edição em dvd traz e é pena pois a música é quase um terceiro personagem nesta história. De qualquer forma se o tirarem da net, tentem arranjar maneira de conseguir uma boa reprodução sonora e deixem-se levar.

IMDB (cuidado com os *spoilers* que lhes poderão estragar a surpresa do filme)
http://www.imdb.com/title/tt0442268/

——————————————————————————————————————

Filmes semelhantes de que certamente irão gostar:

Il Mare My Sassy Girl Love Phobia The Classic Fly me to Polaris

——————————————————————————————————————

Update (13-4-08): descobri há pouco que este filme no japão também deu origem a um remake para televisão. Com a mesma criancinha um pouco mais crescida e novos actores a fazerem de pais.
Para quem já tiver visto o filme e quiser espreitar mais esta curiosidade fica aqui o link para algumas das cenas desta versão para televisão.
http://www.youtube.com/watch?v=dGK7qLXW2j4
Pelo que vejo , adicionaram mais umas coisas á história inicialmente apresentada no cinema e sinceramente não me parece que resulte tão bem quanto o original porque na verdade esta história já é suficientemente fabulosa na sua versão inicial e não precisava de mais coisas.
Certifiquem-se apenas quando comprarem o filme que estão a comprar a versão original para cinema. Não vá comprarem por engano a série televisiva pois de certeza que não terá o impacto do original.
Nem consigo perceber como se conseguiu fazer uma série de TV com esta história tão simples e de que a maior parte das pessoas ficou a conhecer a surpresa final quando viu o filme, mas nunca se sabe, se calhar até resulta bem.
De qualquer maneira, vejam lá se vêem primeiro o filme fachavor.😉

Autor: Alcaminhante

Chamo-me Luis, tenho 45 anos e sou desenhador gráfico/ilustrador de profissão. www.icreateworlds.net Trabalho essencialmente como freelancer em ilustração tradicional e também em criação gráfica destinada á internet. Também trabalho em Banda Desenhada e quem quiser ir buscar os pdfs grátis do meu livro "As Aventuras do Príncipe Ziph" , sigam para aqui: http://icreateworlds.net/banda-desenhada-quadrinhos-gratis Interesso-me essencialmente por cinema, literatura, fotografia e longas caminhadas ao ar livre o mais longe de centros urbanos possível. De preferência junto ao mar e em praias isoladas. Tenho actualmente um blog sobre Cinema Oriental, outro sobre Ficção-Cientifica e ainda um site sobre Marte que podem encontrar aqui: http://www.o-enigma-de-marte.info Espero que gostem das sugestões e voltem sempre. Luis

6 thoughts on “Ima, Ai Ni Yukimasu (Be With You) Nobuhiro Doi (2004) Japão

  1. Olá! Pensei que fosse um exagero por tantos elogios ao “Ima ai ni yukimasu”, mas finalmente conferi este filme ontem e tive uma enorme e agradável surpresa.

    No meio de todo um acontecimento milagroso, como uma pessoa do nada retornar à vida é explicado de forma bastante perspiscaz no final da trama.

    Além do entretenimento e simpatia do romantismo proporcionado pela película, ainda ficamos a pensar o que é “o tempo”, o que é “a vida” e o que é “o amor puro e verdadeiro” e o que está acima de qualquer lógica, mas há uma lógica para explicar tudo isso nesta produção. Também recomendo! <- dito por alguém que geralmente não curte romance!

  2. Um bom filme, sinceramente não percebo porque tão pouca gente gosta do cinema asiatico. Quando para a minha modesta opinião é melhor que o cinema americano…

  3. If you are using a regular pitch, then place the tea in a T-sac first to make it easier to strain your tea, especially if you are
    using some kind of herbal tea. Another variation of this tea infuser is the tong-type
    tea infuser. With enhanced superoxide dismutase (SOD) activity
    and endurance.

  4. AMEI O SEU BLOG! PARABÉNS! VISITAREI SEMPRE
    (Brasil)

  5. Assisti este filme em 2005. Na época só tinha legendado em inglês, mas valeu muito a pena, foi o meu pontapé inicial em doramas. Assisti ele, porque um amigo tinha recém voltado do japão, ele ORANGE RANGE estava fazendo um baita de um sucesso por lá. Foi quando eu vi o clipe HANA que tinha cenas do filme e cacei atras dele… Muito boa a história, uma das melhores histórias de amor que já assisti. Logo depois dele, assisti o dorama de mesmo nome, mas a história já é mais comprida e parece que vai se arrastando pro final, prfiro o filme, apesar de que no dorama a trilha sonora conta com KIZUNA ao invés de HANA. Vale muito a pena, pra conhecer…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s